Após quarta vitória seguida, Adilson enaltece esforço e dedicação do time

 

Foi no sufoco, mas o Vasco chegou a sua quarta vitória seguida no Campeonato Carioca nesta quarta-feira ao bater o Volta Redonda por 2 a 1 no Estádio Raulino de Oliveira. Poupando alguns jogadores, o técnico Adilson Batista viu seu time sofrer com a sequência de jogos – seis em menos de um mês. Até por isso fez questão de enaltecer a postura de seus jogadores.

– Não entendia o porquê do Volta Redonda estar nessa situação. Vi um time organizado e agressivo. Tivemos dificuldades que já prevíamos. A sequência de jogos pesou, mas conversamos e tivemos problemas. No geral é aceitável, o importante era vencer hoje, e vamos enaltecer a postura que tivemos e a dedicação. Teve uma defesa importante do Martín Silva, mas antes tivemos o contra-ataque e poderíamos ter caprichado e feito o terceiro. Enfim, faz parte do jogo. Vamos mostrar o que precisamos corrigir. É enaltecer a dedicação e o esforço pela sequência de jogos – analisou.

O resultado levou o Vasco aos 14 pontos e manteve a equipe de São Januário na vice-liderança do Campeonato Carioca, dois atrás do líder Flamengo. O Cruz-Maltino segue se preparando em Pinheiral, no interior do Rio, e volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Nova Iguaçu, às 17h (de Brasília), novamente no Raulino de Oliveira.

Confira a íntegra da entrevista do treinador:

Fellipe Bastos

Já conversei com ele sobre isso. Não precisa mostrar e nem provar nada para mim. Principalmente para mim. Acompanhei o trabalho do Fellipe na Ponte Preta. Ele sabe jogar futebol. Tem é que fazer a bola andar, dar velocidade, simplificar às vezes. Temos conversado sobre isso.

Pinheiral

É importante esse período lá. Já é um bate e volta ao Rio que evitamos. Temos sono, repouso, alimentação, controle… Estamos perto do local do próximo jogo. Acho válido. Já tínhamos pensado nisso e vamos dar atenção novamente para quem precisa. Temos o grupo unido e conversando para crescer.

Thalles e Bernardo

Foram importantes hoje. O Bernando a gente já conhece, o Thalles é uma grata surpresa. Eles desenvolveram bem o jogo e procuraram ajudar os demais companheiros. Thalles tem muito potencial. É um garoto de menos de 20 anos que está amadurecendo, ganhando experiência e se desenvolvendo com o elenco. É importante esse convívio dele com o plantel, com a pressão, com a cobrança. É um menino que estamos trabalhando.

Diego Renan

Até pensei que ele ia entrar e fazer um gol. Foi assim quando lancei ele pela primeira vez no Cruzeiro: tocou pela primeira vez na bola e marcou. Hoje cumpriu bem sua função e quase deu um passe importante para o Edmilson. Conheço ele bem e sei que vai ser importante para o Vasco. O Henrique também fez uma boa partida.

Próximo jogo

Temos três dias para recuperar os jogadores. A partida vai ser às 17h e vamos avaliar com calma. Não escalei aquele time que treinou ontem. Disse no domingo que precisávamos avaliar o desgaste dos atletas. Por isso aguardei. Estou na mesma situação agora. O Guiñazu está suspenso. Vamos ver quem está mais desgastado e pode ficar fora também.

Montoya e Marlon

Temos que esperar para saber se eles poderão ser utilizados. Montoya ainda não estava confiante e sentia o desconforto muscular. Marlon treinou hoje, mas eu não queria correr risco.

Campeonato

Está acirrado, mas temos que ter atenção. Tenho visto bons jogos e vamos enfrentar dificuldades. Temos que pensar primeiro no nosso trabalho e nas nossas preocupações.

Douglas

Vamos deixar o clube anunciar primeiro. Quando isso acontecer eu falo sobre o jogador.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠