Organizada do Vasco é proibida de frequentar qualquer evento esportivo

MArcio José  torcedor  Atlético-PR briga Joinville (Foto: Reprodução/RPCTV)

 

Impedida de participar de jogos de futebol por um ano, a principal torcida organizada do Vasco, a Força Jovem, agora também não pode frequentar nenhum outro tipo de evento esportivo. A decisão que amplia liminar do último dia 17 foi tomada pelo juiz em exercício da 1ª Vara Empresarial, Antônio Augusto de Toledo Gaspar nessa quinta-feira. A informação é do site do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro.

Em sua fundamentação, o juiz ressalta que apesar da decisão do mês passado, os chefes da organizada convocam integrantes e simpatizantes a frequentarem os estádios e que eles ensejam “insegurança e medo aos que ali se encontram”.

Em caso de descumprimento, a Força Jovem terá de pagar multa de R$ 10 mil, e o integrante que desobedecer será retirado do local e terá de responder por isso. A torcida também foi intimada a entregar um cadastro com a relação de todos os associados com o objetivo de cruzar os dados com a relação dos denunciados pelo Ministério Público.

Antônio Augusto de Toledo Gaspar também manteve os efeitos da liminar anterior para que todos os denunciados pelo Ministério Público pela briga em Joinville, no fim do Brasileiro do ano passado, compareçam à delegacia mais próxima de suas residências 15 minutos antes de cada jogo e lá permaneçam até meia hora após o término da partida. Em caso de descumprimento, cada réu terá de pagar multa de R$ 2 mil.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠