Contestado pela torcida, Diogo Silva ganha nova chance: 'Mais experiente'


Adilson batista vasco treino (Foto: Raphael Zarko)

 

Marcado pela trajetória irregular dos goleiros vascaínos no último Brasileiro, Diogo Silva segue como substituto imediato de Martín Silva para Adilson Batista. O técnico lembrou que o jogador de 27 anos tem a seu favor a experiência em relação ao jovem Jordi, sete anos mais jovem. Pelo Vasco, entre altos e baixos, Diogo fez 28 jogos – dois deles no início deste Carioca, quando foi elogiado por Adilson, que evita ao máximo o que classifica como “instabilidade” numa posição tão importante para a equipe.

Adilson não subestima o talento de Jordi. Pelo contrário, ele o vê com um futuro promissor, dentro do Vasco, inclusive. Mas neste momento, o treinador adotou o critério que o levou a escalar Diogo nos dois primeiros jogos do Carioca.

– Ano passado, quando cheguei, procurei não criar instabilidade no gol. O Alessandro jogou todos os sete jogos comigo. A responsabilidade do que aconteceu antes não era minha – esquivou-se Adilson, fazendo referência ao rodízio entre Michel Alves, Alessandro e Diogo durante toda a temporada de 2013. – Mas Diogo jogou as duas primeiras partidas do estadual muito bem, e não vejo problema em mantê-lo.

Em um dos treinos durante a semana, um pequeno atraso de Diogo Silva poderia ter ameaçado a condição de reserva imediato de Martín, mas não mudou em nada a cabeça de Adilson. Para ele, a hora de Jordi vai chegar. Com paciência e muito trabalho, o jovem goleiro, formado em São Januário, vai ter condição em breve de mostrar seu potencial.

– Jordi tem uma carreira bonita pela frente. Trabalha muito, tem personalidade, mas o Diogo é mais rodado, mais experiente e mais tarimbado para este momento – afirmou o técnico do Vasco.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠