Vasco encontra dupla de zaga ideal e tem defesa menos vazada do Carioca

 
 

Uma das principais deficiências do Vasco na última temporada, que culminou com a queda da equipe para a segunda divisão era o sistema defensivo – principalmente o goleiro. E o início de 2014 tem servido para tranquilizar os torcedores. Após ficarem empolgados com a chegada de Martín Silva, os cruzmaltinos falam com orgulho de sua dupla de zaga formada por Luan e Rodrigo.

Com os dois em campo juntos, o Vasco conseguiu sair de campo sem levar gols em quatro oportunidades. Durante o Carioca houve apenas um outro jogo em que o Cruzmaltino não foi vazado e que, mesmo assim, a dupla esteve representada por Luan, ao lado de Rafael Vaz. O bom desempenho da defesa deixou o Vasco com a equipe que menos sofreu gols na competição: 9 gols em 12 jogos.

“Quase não sofremos perigo e isso quer dizer alguma coisa. Nosso time tem marcado com eficiência. Controlamos a partida e conseguimos evitar que o adversário tivesse os contra-ataques. Isso facilitou bastante para a nossa vitória. Quando nossa defesa foi exigida se portou bem. Mas foi um jogo bom do time inteiro”, disse Adílson Batista após a vitória opor 2 a 0 sobre o Resende.

A dupla de zaga Luan e Rodrigo está confirmada para a próxima partida, contra o Bonsucesso, no sábado. Porém, o restante do time terá algumas posições em aberto. André Rocha recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática. Com isso, Marlon deve retornar à lateral esquerda e passar Diego Renan para a direita.

Outro que preocupa é Edmílson. O atacante recebeu dura entrada no tornozelo esquerdo, já iniciou o tratamento e dificilmente terá condições de jogar no sábado. Além disso, Adílson Batista terá à disposição as voltas de Martín Silva e Fellipe Bastos e comenta sobre suas opções.

“Temos que entender algumas situações. Eu gostei mais da equipe no segundo tempo do que no primeiro. Nada contra o Dakson. É uma opinião minha. Gosto de ter um velocista em campo. Em relação ao Fellipe Bastos, ele tem feito bons jogos, é inteligente e dinâmico, mas alguns pegam no pé dele porque ele tenta um passe com grau de dificuldade maior que os demais. Passe pro lado até eu dou na minha pelada. Ele erra porque tenta o passe mais objetivo. Precisamos entender isso e fazer a leitura correta. Vai jogar quem eu achar que estiver melhor”, desabafou.

Com a vitória, o Vasco chegou aos 24 pontos, pulou para a terceira posição e está muito próximo de se classificar para as semifinais do Carioca. O Cruzmaltino volta a campo neste sábado, as 18h30, quando medirá forças com o Bonsucesso, em São Januário.

Fonte: Uol

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠