Colégio Vasco da Gama completa 10 anos

O Vasco é tradicionalmente um clube que se preocupa com questões sociais. Desde que foi campeão carioca jogando com negros, em 1923, e quando teve o primeiro presidente mulato de uma agremiação esportiva no Rio, ao eleger Cândido José de Araújo em 1904.

Há 10 anos, o Gigante da Colina dava um passo enorme na educação esportiva, ao inaugurar o Colégio Vasco da Gama, escola de Ensinos Fundamental e Médio que funciona dentro de São Januário, exclusivamente adaptada para atletas do clube, com calendários especiais para treinos, competições e viagens.

Inaugurado dia 8 de março de 2004, o CVG já formou mais de 300 alunos. O colégio é totalmente administrado pelo clube, através do setor de Responsabilidade Social. O Vice-Presidente de Infanto-Juvenil e Responsabilidade Social, Tadeu Correia, falou com exclusividade ao site oficial sobre a importância do projeto.

– O Colégio faz parte de uma estrutura de formação através do esporte. Eu fiz parte da criação do CVG, em 2004, e o vejo como peça fundamental no processo de formação dos atletas do clube como cidadãos – explicou o Vice-Presidente.

Responsabilidade social é uma característica muito presente no DNA do Gigante. A educação e formação através do esporte é uma dos principais objetivos da escola. A assistente social Maria da Glória Gomes, idealizadora do projeto, explicou as origens do CVG.

– Surgiu como alternativa aos atletas do futebol amador. A gente se preocupava muito com a formação dos meninos na época e eu decidi idealizar um projeto que pudesse atendê-los. A divulgação desse tipo de ação é muito boa para o Vasco – contou Glória.

E não é só de resultados esportivos vive o Colégio. Nos últimos anos, alunos vêm sendo aprovados em universidades públicas e instituições militares. O trabalho sério de diretores e professores existe para garantir o futuro e a formação dos futuros defensores das cores do Vasco.

Fonte: Site oficial do Vasco

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠