Remo: Ariel Suarez e Cristian Rosso faturam o ouro no double skiff nos Jogos Sul-Americanos

O resultado já era esperado, mas nem por isso deve deixar de ser comemorado. Os remadores argentinos Ariel Suarez e Cristian Rosso, atletas do Vasco da Gama, ratificaram mais uma vez sua superioridade no double skiff no cenário do remo sul-americano e venceram com tranquilidade na manhã deste sábado (08/03) a prova pelos X Jogos Sul-Americanos, maior competição poliesportiva da América do Sul e cuja edição de 2014 está sendo realizada em Santiago (CHI). Sem precisar fazer muito esforço e até diminuindo um pouco o ritmo diante de tamanha superioridade, os cruz-maltinos percorreram os 2.000 metros da prova em 7min23s21 e faturaram a medalha de ouro com 8,27 segundos à frente do segundo colocado, o barco venezuelano. As provas de remo não estão sendo realizadas na capital chilena, mas em Valparaíso, no Centro de Alto Rendimiento Laguna Carauma. Os Jogos, que são quadrienais, também são conhecidos como Odesur, em referência à entidade organizadora: (Organização Desportiva Sul-Americana).

Em contato exclusivo com o Blog CRVG – Em Todos os Esportes, Ariel comemorou o resultado obtido e mostrou a raiz vascaína da dupla:

– Dois remadores com puro sangue vascaíno ganharam a medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos do Chile Odesur 2014. Força, Vasco!

Agrademos a Ariel também o envio da foto acima, na qual eles posam com camisa térmica do Vasco diretamente do local de competições.

Hoje foi o primeiro dia de finais, e a Argentina faturou as quatro medalhas de ouro em disputa: single skiff peso-leve feminino, double skiff masculino, dois sem timoneiro masculino e double skiff peso-leve masculino. Amanha serão realizadas as finais das seguintes provas: single skiff feminino, single skiff masculino e quatro sem masculino. É importante ressaltar que metade das provas foi cancelada por terem menos do que cinco barcos inscritos. Desta forma, os três atletas do Vasco da Gama inicialmente convocados para os Jogos foram prejudicados: Ariel e Cristian não disputam mais o four skiff e o brasileiro Marcos Oscar Alves sequer viajou para o Chile, onde competiria no quatro sem peso-leve.

Após reafirmarem sua supremacia no double skiff sul-americano (já haviam o feito no plano latino-americano ao faturarem o ouro nos últimos Jogos Pan-Americanos, em Guadalajara, em 2011), Suarez e Rosso têm um ano recheado pela frente em competições que reúnem a elite do remo internacional. De junho a agosto, serão realizadas duas etapas da Copa do Mundo (na França e na Suíça) e o Campeonato Mundial, em Amsterdã (HOL). Além disso, eles também miram para este ano as competições pelo Vasco da Gama (Campeonato Estadual e Brasileiro), além do Campeonato Sul-Americano de Remo, que acontece no final do ano.

Após ótimos resultados nos últimos na elite da prova (quarto lugar nas Olimpíadas de Londres-2012 e quinto no Campeonato Mundial de Chungju-2013, em ambos estando entre os finalistas), Ariel e Cristian focam agora em finalmente chegarem às três medalhas. Mostrando bastante confiança em seu potencial, a dupla se vê com possibilidades de conquistar até medalha de ouro. O foco principal, como não poderia deixar de ser, são os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016, onde eles competirão numa raia a qual estão acostumados, afinal competem regularmente pelo Vasco desde 2011 na Lagoa Rodrigo de Freitas.

O Blog CRVG – Em Todos os Esportes/SuperVasco parabeniza esses grandes vascaínos pelo feito, que, mesmo com raros atletas de ponta do clube nos esportes olímpicos, mantém a tradição vascaína de grandes resultados nas grandes competições poliesportivas internacionais. Este resultado coroa a heroica recuperação de Ariel, que teve uma gravíssima infecção bacteriana no primeiro semestre de 2013 que quase fê-lo abandonar o remo. Com muita força mental, muito apoio do seu parceiro Cristian Rosso e enorme força de superação, ele se recuperou rapidamente, voltou aos melhores resultados ainda em 2013, como estar na final do Mundial de Chungju, e já inicia o ano de 2014 com um ótimo resultado, reiterando a supremacia da dupla na América do Sul. Com vistas ao Rio-2016, fica nossa torcida para que a evolução deles continue, passando, é claro, por medalhas e talvez vitórias nas competições da elite do remo internacional até lá, como etapas da Copa do Mundo e o Campeonato Mundial, a começar por este ano.

Classificação final do double skiff nos X Jogos Sul-Americanos:

1) Argentina: Ariel Suarez e Cristian Rosso – 7:23.21
2) Venezuela: Jackson Vicente e Emilio Torres – 7:31.48
3) Peru: Alvaro Torres e Eduardo Linares – 7:36.05
4) Uruguai: Jhonatan Esquivel e Rodolfo Collazo – 7:53.09
5) Chile: Nibaldo Ortiz e Francisco Ruiz – 8:09.56

                                                                Reprodução do site oficial dos Jogos Sul-Americanos de Santiago

 

Fonte: Blog CRVG – Em Todos os Esportes 

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠