Ex-jogador do Vasco, Paulo Miranda é apresentado como técnico do Genus

Rio Branco venceu o Vasco pela Liga Nacional de futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Champions Comunicação)
 
O ex-jogador do Vasco da Gama, Paulo Miranda, é o novo técnico do Genus para o Campeonato Rondoniense. O treinador foi contratado após a saída do técnico Saturnino Neto e José Francisco, interino, que entregou o cargo no último domingo. Paulo Miranda tem a difícil missão de conseguir a reabilitação do time após as duas derrotas nos dois jogos que disputou pela competição.  

– Esse é o nosso pensamento. Nós chegamos agora, mas vamos tentar a reabilitação no sábado, para conseguir conquistar os três pontos.

O ex-jogador do Vasco também aposta na sorte que tinha na época que ainda atuava entre as quatro linhas.

– Espero fazer um bom jogo. Também desejo contar com a sorte que eu tenho na estreia, tanto no período em que fui jogador quanto agora como técnico, pois a minha estreia foi com vitória.

Currículo

Nascido em São Paulo em 1974, Paulo Miranda de Oliveira foi seis vezes campeão paranaense e no Vasco participou do elenco que venceu o Torneio Rio-São Paulo de 1999, a Copa Mercosul de 2000 e o Campeonato Brasileiro também de 2000.   

 
Paulo Miranda (Foto: Renato Pereira)

– Naquele tempo, o Vasco tinha um time muito forte e nós éramos muito unidos, por isso conseguimos conquistar tantos títulos – disse Paulo.

O ex-jogador do Vasco, ainda atuou pelo Paraná Clube, Atlético Paranaense, Bordeaux (França), Cruzeiro, Flamengo, São Caetano, Coritiba, Itumbiara, Joinville e Santa Helena. Já como técnico, Paulo começou a carreira em junho de 2013 e para atuar no novo ramo ele realizou estágio com grandes treinadores do Brasil, como Abel Braga, Marcelo Oliveira, Joel Santana, entre outros.

 
Treino do Genus (Foto: Renato Pereira)

– É um desafio pegar uma equipe da capital, que nunca foi campeã, carente de títulos. Para mim, seria uma honra conseguir um campeonato que o clube não tem.

Paulo Miranda citou o caso do Corinthians, que até o ano de 2012, ainda não era campeão da Libertadores.

– Os times de Porto Velho não têm títulos, mas uma hora vai ter que acontecer. O Corinthians também não era campeão da Libertadores, mas agora é. Quem sabe não é a nossa vez de conseguir esse título para a capital.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠