Andrey e Evander retornam e passam por trabalho especial no CAPRRES

Andrey e Evander suando a camisa na academia- Foto: Carlos Gregório Jr-Vasco.com.br

Representantes do Vasco da Gama na Seleção Brasileira durante a última Copa do Mundo sub-17, o volante Andrey Ramos e o meio-campista Evander Ferreira retornaram aos trabalhos na última segunda-feira (09/11) no Estádio de São Januário. Os jovens passaram por uma avaliação no CAPRRES (Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo) e iniciaram um trabalho diferenciado visando a temporada de 2016.

Os garotos não foram os primeiros oriundos das divisões inferiores acompanhados pelo departamento. O lateral-esquerdo Alan Cardoso, o meio-campista Mateus Vital e os atacantes Renato Kayzer e Caio Monteiro, que ficaram afastados dos gramados por um período, foram outros jovens atendidos no atual ano. De acordo com o coordenador científico Alex Evangelista, o CAPRRES é mais uma ferramenta do processo de integração entre as categorias de base.

– Começamos a trabalhar com atletas da base neste ano, mas nossa ideia é ampliar bastante esse processo no ano que vem, até porque em 2015 não atendemos todas as categorias, apenas alguns jogadores em especial. Na próxima temporada será uma coisa mais programada, até porque teremos um espaço físico moderno e apropriado. A ideia é ampliar esse trabalho para toda a base do Vasco, pois isso nos trará muitos benefícios no futuro – afirmou Alex Evangelista, que deu mais detalhes sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido com a dupla recém-chegada do Chile, local onde o Mundial sub-17 foi realizado.

– Os jogadores quando retornam da Seleção Brasileira, na grande maioria das vezes, são logo colocados para jogar. Aqui no Vasco, entretanto, o pensamento é diferente. Primeiro fazemos avaliações do padrão ouro e se o atleta apresentar um desequilíbrio grande, indicamos qual é o trabalho seguinte mais apropriado. No caso do Evander, que apresentou um desequilíbrio na coxa, preparamos um trabalho para que ele ganhe massa muscular. O Andrey passou um período conosco fazendo uma recuperação do tornozelo e durante esse tempo passou por uma ajuste muscular. Hoje ele carrega esse benefício e não sentiu tanto o atual processo de reorganização muscular. Ele segue equilibrado – declarou o coordenador científico.

 

image

Fonte: Site Oficial do Vasco

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠