Vasco prega concentração contra ‘frieza’ do Corinthians no Campeonato Brasileiro

Um adversário frio e calculista, que joga muito mais tranquilo e que por isso está preparado para se aproveitar de qualquer falha do oponente. Esse é o Corinthians na visão dos jogadores do Vasco. Por isso mesmo eles garantem que é fundamental manter em alta o nível de concentração para evitar surpresas no duelo entre as duas equipes, que se encontram nesta quinta-feira, às 22h (de Brasília), em São Januário, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos conquistados, em penúltimo lugar, os cariocas precisam desesperadamente do resultado positivo.

“Vamos precisar manter o nível de concentração em alta para não sermos surpreendidos. O Corinthians é um time muito perigoso, pois muitas vezes se aproveita de um único resultado para abrir o placar e a partir daí consegue construir a vitória. Se analisarmos tudo o que o Corinthians fez ao longo deste Campeonato Brasileiro vamos perceber isso, que se trata de um adversário muito complicado de ser batido porque não fica exposto e joga no erro do rival”, disse o zagueiro Luan.

O lateral direito Madson também sabe que o Vasco não irá encontrar facilidades dentro de campo, já que o Corinthians está cada vez mais próximo do título nacional e quer eliminar de vez qualquer chance de conquista do Atlético-MG.

“O Vasco precisa fazer esse resultado de qualquer maneira, porém, não podemos pensar em errar e nos desesperarmos, pois vamos pegar um adversário que é frio e preparado para se aproveitar de qualquer erro que a gente venha a cometer. Não vamos encontrar nenhum tipo de facilidade e por isso mesmo temos que manter o nível de concentração em alta para não sermos surpreendidos”, disse.

A escalação para esta partida não foi definida, principalmente porque o técnico Jorginho vem fechando os treinos. O volante Bruno Gallo, que cumpriu suspensão na vitória de 2 a 0 sobre o Palmeiras por acúmulo de cartões amarelos, fica à disposição, mas seu aproveitamento é pouco provável, pois Serginho, o substituto, teve bom rendimento contra o time alviverde.

Outra dúvida é o atacante Rafael Silva, que vai ser julgado novamente no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta de sua expulsão na derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG. Ele foi condenado a quatro jogos no primeiro julgamento e vem atuando amparado por uma liminar. Se o Tribunal confirmar a punição o joagdor estará fora do choque com o líder e a tendência é que o equatoriano Riascos assuma a posição. Livre de dores na perna esquerda, o meia Nenê irá a campo normalmente.

Nesta quarta-feira o elenco do Vasco volta a trabalhar na parte da manhã e depois começa o período de concentração para a partida de quinta-feira.

Fonte: ESPN

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠