Vasco empata com o Corinthians em São Januário pelo Brasileirão


Não faltou apoio da torcida nas arquibancadas, tampouco empenho dos jogadores dentro das quatro linhas. Na noite da última quinta-feira (19/011), porém, o Vasco da Gama não conseguiu superar o Corinthians em São Januário. O Gigante da Colina teve uma grande atuação e até saiu na frente com Júlio César, mas acabou sofrendo o empate na reta final da partida, válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO

A mais aguardada partida da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro começou equilibrada. Durante aproximadamente 10 minutos, Vasco e Corinthians se estudaram e pouco se lançaram ao ataque. A primeira investida foi cruzmaltina. Aos 15, Andrezinho recebeu de Diguinho na intermediária e executou um lindo lançamento para Rafael Silva. O atacante ficou na cara do gol, mas viu Cássio se atirar em seus pés e salvar o alvinegro paulista.

O Gigante da Colina prosseguiu tentando balançar as redes. Riascos, duas vezes, foi quem levou perigo dessa vez. Na primeira oportunidade, aos 20, o colombiano recebeu de Madson e chutou fraco na bola, facilitando assim a vida do arqueiro adversário. No minuto seguinte, o camisa 11 finalizou de voleio para fora. Aos 27, outra chegada do Almirante. Na oportunidade, Nenê cobrou escanteio e Rodrigo chegou na frente de Cássio, mas acabou cabeceando para fora.

Recuado, o Corinthians finalizou pela primeira vez aos 29 minutos, com Renato Augusto. O selecionável foi lançado por Jadson e, da entrada da grande área, arrematou com perigo. A bola saiu à esquerda da meta defendida por Martín Silva. Pouco tempo, aos 33, Jadson apareceu novamente. Dessa vez, o camisa 10 encontrou Vágner Love na grande área e o viu finalizar para longe do gol. Aos 46 minutos, o time corinthiano acertou a meta, em cobrança de falta de Jadson, mas Martín Silva apareceu para evitar o tento.

Necessitando da vitória para se manter vivo no Brasileirão, o Vasco se lançou ao ataque nos primeiros minutos. Aos 11, Rafael Silva deu um lindo lançamento para Madson. O lateral-direito partiu para cima do marcador, invadiu a área e finalizou por cima da meta de Cássio. Pouco tempo depois, aos 14, foi a vez de Diguinho cruzar e Riascos cabecear para fora. O Corinthians respondeu aos 22 minutos, em arremate de Rodriguinho. Vágner Love, aos 25, também assustou, dessa vez através de uma cabeçada.

As investidas do alvinegro paulista não intimidaram o Vasco. A prova disso foi dada aos 27 minutos, quando Júlio César tabelou com Nenê e tocou na saída de Cássio para inaugurar o placar na Colina Histórica: VASCO 1 x 0.  Em desvantagem e com um jogador a mais, o líder do Brasileirão foi em busca da igualdade. Aos 30, Edílson cruzou, Vágner Love furou e Lucca mandou para fora. Lucca, outra vez, dessa vez através de uma cabeçada, ficou próximo de deixar sua marca aos 35.

De tanto tentar, o Corinthians conseguiu empatar no minuto seguinte. Na ocasião, Edílson escapou pela direita e cruzou na cabeça de Lucca. O meia-atacante mandou para dentro da grande área e Vágner Love empurrou para o fundo das redes: CORINTHIANS 1 x 1. Com Jorge Henrique, aos 43, o Vasco levou perigo, mas não conseguiu evitar o empate. Fim de jogo: Vasco 1 x 1 Corinthians.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro- 35ª rodada

VASCO DA GAMA 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Auxiliares: Alessandro A Rocha de Matos (BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Cartões amarelos: Rodrigo e Diguinho (Vasco); Jadson e Lucca (Corinthians).

Cartões vermelhos: Rodrigo (Vasco)

Gols: Júlio César (27′ do 2º tempo); Vágner Love (36′ do 2º tempo).

VASCO DA GAMA: Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Júlio César; Diguinho (Rafael Vaz), Serginho, Andrezinho e Nenê; Rafael Silva (Jorge Henrique) e Riascos (Éder Luís). Treinador: Jorginho.

CORINTHIANS: Cásssio, Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Elias (Lucca), Jadson e Renato Augusto (Rodriguinho); Malcom e Vágner Love.  Treinador: Tite

Fonte: Site Oficial do Vasco

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠