Sem vaga em 2016, Rio segue em baixa na Libertadores


Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo podem simplesmente esquecer a temporada de 2015 do Campeonato Brasileiro. Com os dois primeiros mais uma vez atuando apenas como coadjuvantes, o terceiro brigando contra o rebaixamento na Série A e o último na Série B, o Brasil novamente não terá nenhum clube carioca compondo a Copa Libertadores da América do próximo ano.

E se comparado aos outros times chamados ‘gigantes’ do Sul-Sudeste, o fato do Rio de Janeiro estar em baixa fica ainda mais evidenciado. Isso porque, desde o início da era dos pontos corridos, em 2003, o estado conquistou vaga 11 vezes, sendo cinco do Fla, quatro do Flu e uma de Bota e Vasco cada.

Ele fica atrás de estados como Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul e todos eles possuem chances de ter mais clubes na principal competição internacional.

Em São Paulo, o campeão brasileiro, Corinthians, já está classificado. Enquanto isso, São Paulo (hoje em quarto lugar do Nacional), Santos e Palmeiras (estão na final da Copa do Brasil e ambos ainda tem chances matemáticas de chegar via Brasileirão) ainda brigam por outras vagas. A Ponte Preta, com 51 pontos, na nona colocação, tem chances remotas, mas também pode chegar. Ao todo, desde 2003, foram 28 qualificações consumadas – sete corintianas, quatro palmeirenses, sete santistas, nove são-paulinas e uma de Santo André, Paulista e São Caetano cada -, com o número podendo aumentar a 31.

No caso de Minas, o Estado possui hoje as mesmas 11 vagas conquistadas na Libertadores da América no período pelo Rio de Janeiro. O Atlético-MG já está garantido em 2016, no que será sua quarta participação nos pontos corridos. Seu rival, o Cruzeiro, que tem sete, ainda pleiteia sua oitava classificação no Brasileiro.

Já no Estado do extremo sul brasileiro, foram outras 12 classificações, sendo seis do Grêmio e outras seis do Internacional. O time tricolor, no entanto, já está com os dois pés praticamente dentro da Libertadores de 2016 e só perdeira a vaga por uma catástrofe, enquanto o colorado ainda tem esperanças de chegar através do G-4. O número, portanto, poderia chegar a 14 desde 2003.

Apenas cumprindo tabela na Série A, o Flamengo joga contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo, às 19h30 (de Brasília). Um dia antes, mas no mesmo horário, o Flu recebe o Inter no Maracanã. Já o Vasco tem confronto importante com o Santos, em São Januário, no domingo, às 17h (de Brasília), enquanto o Botafogo termina a Série B contra o América-MG, no Nilton Santos, no sábado.

Fonte: ESPN

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠