Vasco emprestou 15 jogadores em 2015 e só um se deu bem. Alguns nem voltam


Com um elenco inchado, o Vasco recorreu a empréstimos em 2015 para enxugar o plantel. Ao todo, 15 atletas foram para outros clubes, mas ao fim da temporada, apenas o paraguaio Aranda é titular absoluto no clube que defende. Porém, nem ele deve trazer retorno financeiro e técnico para a equipe cruzmaltina. Alguns dos emprestados, inclusive, sequer voltam para São Januário já que seus contratos se encerram em dezembro.

O caso mais emblemático entre os que estão de saída é o do meia Bernardo, que está na reserva do Ceará e foi pouco aproveitado. Com novo empresário, ele espera por uma oportunidade no exterior e o futebol asiático surge como possibilidade. Na mesma situação de fim de vínculo com o Vasco se encontram o lateral esquerdo Marlon, emprestado ao Bahia, e o goleiro Rafael Copetti, que estava no Bragantino.

Há algumas situações bizarras como a do volante Sandro Silva, que custa ao Cruzmaltino R$ 180 mil mensais, sequer treina com o grupo e tem contrato até dezembro de 2016. Ele chegou a ser cedido ao Bragantino para a disputa da Série B, mas não se ambientou e ficou apenas três meses. Agora realiza suas atividades em São Januário em horários alternativos.

Entre os que ganharam um pouco mais de destaque estão o volante Aranda, o meia Montoya e o atacante William Barbio.

Como citado acima, o paraguaio, que tem contrato até o fim de 2016, é titular do Olímpia (PAR) e tem sido convocado pela seleção de seu país para as Eliminatórias da Copa do Mundo. Existe a possibilidade de que ele prorrogue seu empréstimo.

Montoya, que criou grande expectativa em sua chegada ao Vasco e que custou mais de R$ 3 milhões ao clube, nunca conseguiu se firmar e foi cedido ao Vitória de Guimarães, de Portugal. Por lá, se reveza entre a titularidade e a reserva. Seu contrato com o Cruzmaltino é até julho de 2017.

Já o “Cabeleira”, como era chamado Barbio pelos vascaínos, atua na Série A pela Chapecoense. O jogador iniciou o Campeonato Brasileiro como titular, mas perdeu a vaga no returno, mesmo assim, costuma ser aproveitado e entra no decorrer das partidas.

Jovens revelados na base do clube também não vingaram, casos de Guilherme Costa, no Bragantino, Jonatas Paulista, no Boa Esporte, e Yago, no Minessota United (EUA).

EMPRESTADOS QUE JÁ RETORNARAM

Sandro Silva – volante – Estava no Bragantino –Contrato com o Vasco até dezembro de 2016.

Guilherme Costa – meia – Estava no Bragantino – Contrato com o Vasco até o fim de 2017.

Victor Bolt – volante – Estava na Portuguesa – Contrato com o Vasco até dezembro de 2016.

EMPRESTADOS COM CONTRATO ENCERRADO COM VASCO AO FIM DO ANO

Bernardo – meia – Emprestado ao Ceará – Contrato com o Vasco até dezembro de 2015.

Marlon – lateral esquerdo – Emprestado ao Bahia – Contrato com o Vasco até o fim do ano.

Rafael Copetti – goleiro – Emprestado ao Bragantino – Contrato com o Vasco até o fim do ano.

JOGADORES QUE CONTINUAM EMPRESTADOS EM 2016

Montoya – meia – Emprestado ao Vitória de Guimarães (POR) até junho de 2016 – Contrato com o Vasco até julho de 2017.

JOGADORES QUE RETORNAM AO VASCO AO FIM DO ANO

Diogo Silva – goleiro – Emprestado ao XV de Piracicaba – Contrato com o Vasco até maio de 2016.

Erick Daltro – lateral esquerdo – Emprestado ao XV de Piracicaba – Contrato com o Vasco até janeiro de 2017.

Erick Luís – atacante – Emprestado ao Boa Esporte – Contrato com o Vasco até janeiro de 2017.

Jonatas Paulista – volante – Emprestado ao Boa Esporte – Contrato com o Vasco até o fim de 2017.

Aranda – volante – Emprestado ao Olímpia (PAR) – Contrato com o Vasco até o fim de 2016.

Max – lateral direito – Emprestado ao Macaé – Contrato com o Vasco até junho de 2016.

Yago – atacante – Emprestado ao Minnesota United (EUA) – Contrato com o Vasco até dezembro de 2016.

William Barbio – atacante – Emprestado à Chapecoense – Contrato com o Vasco até dezembro de 2016.

Fonte: UOL Esporte

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠