Vasco não quer pensar em outros resultados e foca em duelo com Santos

Com 37 pontos conquistados, o Vasco não depende mais dos próprios resultados para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Apesar disso, os jogadores garantem que estão pensando apenas no duelo contra o Santos, neste domingo, às 17h (de Brasília), em São Januário. O time cruz-maltino, porém, estará praticamente rebaixado caso o Figueirense derrote o São Paulo, no sábado, e o Coritiba supere o Palmeiras, no domingo.

“Nós precisamos pensar exclusivamente na nossa partida, porque o que acontecer nos demais jogos pode acabar tirando a nossa concentração e já vamos enfrentar um adversário de grande qualidade e de grande potencial. Portanto, não devemos nos preocupar com nada além de conseguir vencer o time do Santos, que briga por uma vaga na parte de cima da tabela e é finalista da Copa do Brasil”, disse o lateral-direito Madson.

O zagueiro Rafael Vaz também alertou para o difícil duelo contra o Santos e desconsiderou qualquer preocupação com os demais resultados da rodada.

“O Santos tem muita qualidade e por isso mesmo temos que pensar apenas na nossa partida. Não podemos ficar olhando para o outro jogo e deixar de nos concentrar no nosso próprio compromisso. Ainda temos chances de conseguir tirar o Vasco da situação que se encontra na tabela e por enquanto dependemos das nossas próprias forças. O nosso pensamento neste momento está apenas no Santos”.

Na visão do atacante Jorge Henrique o Vasco não deve se preocupar com os demais jogos para não correr o risco de tropeçar por falta de concentração, o que tornaria a permanência na Primeira Divisão praticamente inviável.

“De nada vai adiantar se o Coritiba tropeçar, ou o Figueirense, ou quem quer que seja se a nossa equipe não conseguir fazer a sua parte dentro de campo. Os demais resultados podem até ajudar, mas o que vai mais nos ajudar neste momento é se conseguirmos ganhar os dois jogos que nos restam. Não podemos mudar o que vai acontecer nas demais partidas, temos que pensar em mudar o que vai acontecer dentro do nosso jogo”, disse o atacante.

Como Jorginho tem procurado manter os treinos do elenco sem a presença da imprensa, fica complicado fazer qualquer tipo de previsão sobre a escalação que ele pretende mandar a campo diante do Santos. O treinador, porém, vai promover o retorno do zagueiro Rodrigo, que cumpriu suspensão na vitória de 2 a 1 sobre o Joinville. Rafael Vaz, porém, será mantido na zaga porque Luan, o outro defensor considerado titular, está suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

Fora de campo ainda não há previsão para acabar a auditoria contratada pelo presidente Eurico Miranda para analisar a situação econômica do Vasco. A falta de documentos de gestões anteriores está atrasando o processo.

Fonte: ESPN

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠