Após patrocínio suspenso, Vasco antecipa férias no setor de marketing

Vídeo pedindo para vascaínos acreditarem no #VascoNoG16 repercutiu mal no clube (Foto: Reprodução)

A polêmica campanha da marca de chocolate que foi suspensa antes de estampar a camisa do Vasco ainda rende em São Januário. A Lacta 5Star patrocinaria a camisa do clube contra o Joinville, mas foi vetada pela ação publicitária que convidava os vascaínos, com bom humor, a acreditarem no “#VascoNoG16”. Nos últimos dias, o gerente de marketing do Vasco, Bernardo Pontes, e mais três funcionários, tiveram férias antecipadas pelo clube.

O comercial, que saiu de todas as redes sociais da marca de chocolate, provocou mal-estar em São Januário. Em nota oficial, a Mondelez Brasil, fabricante do chocolate, alegou que o departamento de marketing do clube sabia das ações previstas para o lançamento da marca de chocolate. O vice-presidente de patrimônio do Vasco, Marco Antônio Monteiro, admite que a peça publicitária causou desconforto em São Januário, mas negou qualquer relação com as férias antecipadas para quatro funcionários do clube. Ele disse que faz parte do planejamento natural do departamento neste fim de ano.

Na maioria dos departamentos do clube, o fim do Campeonato Brasileiro, no dia 7 de dezembro, significa férias coletivas em São Januário. O episódio da marca de chocolate irritou a diretoria, que, conforme comunicado de cancelamento do patrocínio, não sabia do vídeo bem-humorado, que provocou desgaste no clube.

Desde fevereiro de 2014 no Vasco, o gerente de marketing, Bernardo Pontes não deve permanecer no clube. Finalista de prêmio de marketing no ano passado, da PluriConsultoria, Pontes veio do Fluminense por indicação de Rodrigo Caetano e foi um dos profissionais do setor que ficou em São Januário da gestão Dinamite para a de Eurico Miranda.

“#VascoNoG16”
A campanha de marketing fazia um desafio para a torcida do Vasco: morder o chocolate e acreditar em tudo, até em salvar o time cruz-maltino do rebaixamento. No vídeo, divulgado pela agência de marketing da Mondelez, executivos da empresa se reúnem e pensam onde anunciar o novo chocolate, até que um deles fala em patrocinar um time de futebol. Na sequência de imagens, homens aparecem numa festa – um deles com uma cruz de malta pintada no rosto – gritando “Vasco”, com a seguinte mensagem: “A gente acha que nosso patrocínio, depois de uma mordida, pode ajudar o Vasco a se manter na Série A. #VascoNoG16”.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠