Otimista, Jorginho confia na permanência do Vasco na Série A: “Vai ser no sufoco”

Jorginho fala sobre a fase do Vasco no Brasileirão - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Bom humor, simpatia e muito otimismo. Esta é a marca do técnico Jorginho no Vasco. Comandante da arrancada vascaína nesta reta final do Campeonato Brasileiro, o treinador se diz muito confiante na permanência do Gigante da Colina na Série A. No próximo domingo (29/11), o desafio é vencer o Santos no Rio e torcer para a derrota dos rivais diretos na briga na parte de baixo da tabela, Coritiba, Figueirense e Avaí.

– Às vezes chegaram a falar que se o Vasco descesse matematicamente, eu ainda estaria acreditando numa possível situação, um possível milagre. A pontuação do Vasco no segundo turno melhorou, a confiança dos jogadores aumentou, os chutes a gol estão acontecendo. Antes em alguns jogos a gente não conseguia nem chutar. Estamos em uma crescente da nossa equipe, e os adversários vão ter partidas difíceis. A Ponte Preta vai jogar fora, mas trabalhei lá e sei do potencial dessa equipe, são guerreiros. Tem os outros jogos também, eu continuo confiante. Vai ser no sufoco, vai ser no choro, mas assim é mais gostoso – afirma o Jorginho.

Em conversa com a imprensa, Jorginho falou sobre a pressão de lutar na parte de baixo da tabela e diz que a situação o ajudou a crescer como homem.

– Brigando na parte de baixo ou no topo da tabela, as duas situações requerem responsabilidade, pressão o tempo todo, mas é menor na parte de cima. Já cheguei aqui diante dessa situação, aprendi bem a conviver com isso. A cada momento que a gente é pressionado a gente cresce como homem – garante.

Avaí e Figueirense jogarão no sábado (28/11) contra a Ponte Preta e São Paulo, respectivamente. Já no domingo, o Vasco enfrenta o Santos, e o Coritiba encara o Pallmeiras fora de casa, às 18 horas. Para o técnico Jorginho, o ideal seria que todas as partidas acontecessem ao mesmo tempo.

– O melhor seria todos jogarem juntos. Jogamos às 17h, Coritiba joga 18h. Não é justo. Existem varias situações, depende muito questão da TV. A gente entende programação, compreende bem isso, mas o ideal nesse momento de definição é que pelo menos as três ultimas rodadas fossem no mesmo dia – ressalta o treinador.

Se fora de campo as discussões são grandes, no time, as dúvidas são poucas. Jorge Henrique e Rafael Silva estão à disposição, mas o técnico não confirmou a escalação aos jornalistas. Jorginho fez questão de exaltar as qualidades dos jogadores, que estão sendo importantes no campeonato.

– São dois jogadores extremamente importantes para a nossa equipe, cada um dentro da sua característica. Sempre bom poder contar com os dois. Jogadores de características diferentes. importantes para a virada que está acontecendo. Pode contar seja jogando ou no banco. Sempre dispostos, de extrema qualidade. Vamos definir quem joga – finaliza Jorginho.

Fonte: Site Oficial do Vasco

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠