Mesmo fora de casa, Vasco irá pressionar Coritiba


Precisando vencer para evitar o rebaixamento para a Série B, o Vasco visita o Coritiba neste domingo, às 17h (de Brasília), no Estádio Couto Pereira, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Ciente da necessidade de um triunfo, os vascaínos pretendem se impor desde os primeiros minutos. Se tradicionalmente os visitantes jogam um pouco mais recuados, isso não deverá acontecer no Paraná.

“O Vasco não tem outra alternativa que não seja a vitória e por isso vamos precisar tomar a iniciativa do confronto desde cedo para chegarmos ao gol. Respeitamos o Coritiba que é forte em casa, mas temos que pressionar”, avisou o meia Nenê.

O volante Serginho concorda: “O Vasco vai ter que se impor como visitante porque precisa vencer. Só a vitória interessa e não podemos esperar o Coritiba propor o jogo. As iniciativas serão todas nossas e não vejo como fugirmos muito disso”, disse Serginho.

O lateral-esquerdo Julio Cesar lembrou que o Coritiba, ainda ameaçado, pode até escapar com derrota. Pelo regulamento, o Coxa só vai cair se perder por quatro ou mais gols de diferença e o Figueirense derrotar o Fluminense no mesmo horário, em Santa Catarina.

“O Coritiba entra em campo com o resultado que lhe interessa e por isso mesmo não terá que impor pressa para o jogo. O Vasco é quem precisa fazer o resultado e terá que se impor mesmo como visitante. Temos que jogar esquecendo do mando de campo”, avisou o lateral.

Além de vencer o Coritiba, por qualquer marcador, o Vasco ainda vai precisar de mais dois resultados para escapar do terceiro rebaixamento desde 2008. O Cruz-Maltino terá que torcer por uma vitória do Fluminense e por uma derrota do Avaí que vai enfrentar o campeão Corinthians em São Paulo. O fato de precisar do Fluminense, clube com quem o Vasco trocou farpas ao longo de toda esta temporada, tem gerado diversas polêmicas, ao ponto de a diretoria do clube tricolor ter proibido que seus atletas concedam entrevistas falando do resultado e do jogo de domingo, a fim de evitar palavras mal colocadas.

Como o técnico Jorginho não tem permitido o acesso da imprensa aos treinos a escalação só deverá ser divulgada minutos antes do confronto. O meia Andrezinho, advertido com o terceiro cartão amarelo na vitória de 1 a 0 sobre o Santos, fica de fora e vai cumprir suspensão. O volante Bruno Gallo e o atacante Rafael Silva disputam posição.

No caso do segundo a tendência é que Jorge Henrique seja recuado para o meio. Certo é o retorno do zagueiro Luan, suspenso contra o Santos, reaparece na vaga de Rafael Vaz, compondo o setor com Rodrigo. Nesta quarta-feira o elenco treina na parte da tarde em São Januário.

Fonte: ESPN

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠