Bruno Gallo e Julio dos Santos: dois estilos diferentes para apenas uma vaga no Vasco


O grande ponto de interrogação na equipe do Vasco para a partida de domingo é quem será o substituto de Andrezinho, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Santos. Bruno Gallo, inicialmente, tem a vantagem, mas Julio dos Santos equilibra a briga por questões táticas.

O paraguaio perdeu posição na equipe para Diguinho, com o intuito do técnico Jorginho de aumentar a pegada no meio de campo, mesmo com a perda de qualidade no passe. Porém, como quem está fora é Andrezinho, Julio tem boas chances de entrar, para que a equipe não perca tanto em termos de criação.

Bruno Gallo, assim como Julio dos Santos, perdeu a posição na derrota da equipe para o Fluminense. Igual ao paraguaio, entrou duas vezes depois que virou reserva. Os contextos que foram diferentes. Gallo tem sido a opção de Jorginho quando o treinador deseja reforçar a marcação no meio de campo. Pesa a favor do jogador o fato de jogar pela esquerda, assim como Andrezinho. Por outro lado, com Bruno Gallo, o meio corre o risco de perder criatividade.

 

Uma tônica em praticamente toda a temporada, os treinos do Vasco têm sido totalmente fechados. A previsão, depois de descansar os jogadores até ontem, é que o técnico Jorginho comece a desenhar a equipe que enfrentará o Coritiba na atividade de hoje à tarde. Certamente Bruno Gallo e Julio dos Santos serão testados na vaga de Andrezinho. Para o lateral-esquerdo Julio Cesar, o mistério é válido para tentar surpreender o rival.

– Muitas vezes as jogadas ensaiadas que vocês (imprensa) conferem na TV foram pensadas pelo Jorginho nos treinos – destacou.

Para que os segredos se transformem em permanência na Primeira Divisão, o Vasco não pode apenas vencer o Coritiba. A equipe de Jorginho torce para que Corinthians e Fluminense vençam os jogos contra Avaí e Figueirense, respectivamente.

– Primeiro, nos preocupamos com o Coritiba – ressaltou Julio Cesar.

Fonte: Extra

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠