Lucão e Miranda estão nos Estados Unidos com a Seleção Brasileira


Após reforçarem a equipe sub-15 do Vasco da Gama no último domingo (29/11), durante a decisão do Campeonato Carioca, o goleiro Lucas Alexandre e o zagueiro Matheus Miranda retornaram aos treinamentos com a Seleção Brasileira da categoria na Granja Comary. Os jovens farão parte do grupo que disputará a partir desta quarta-feira (02/12) o Torneio Nike Friendlies, nos Estados Unidos.

Atual campeão, o time canarinho fará sua estreia na competição internacional contra a Holanda, às 18 horas (horário de Brasília). Na sexta-feira (04), o rival será a Inglaterra. A participação brasileira será encerrada contra os anfitriões, os Estados Unidos, em 06 de dezembro. Representantes da “Fábrica de Craques”, Lucão e Miranda esperam brilhar em solo americano.

– O período de preparação foi bem intenso. O nível dos treinos foi altíssimo e me trouxe bastante aprendizado. Representar o Brasil, o nosso país, é sempre muito bom. Ao lado dos meus companheiros, espero ter um grande desempenho. Vamos dar o nosso melhor para voltar de lá com o caneco – afirmou o goleiro Lucão.

– Esse será meu primeiro torneio pela Seleção. Vou buscar fazer o meu melhor quando receber uma oportunidade. Estou trabalhando muito para corresponder. Irei dar o meu máximo. Nunca havia viajado para tão longe assim. É uma experiência nova e espero retornar para casa com uma medalha de ouro no peito – disse o zagueiro Miranda.

Em 2015, o sub-15 cruzmaltino, que é composto pela safra de jogadores nascidos em 2000, se reinventou, contrariou os críticos e conquistou o segundo lugar do Campeonato Carioca. Com uma campanha impecável, o infantil do Almirante também conquistou a Taça Guanabara, o primeiro turno do estadual. O desempenho na temporada foi exaltado pela dupla.

– Sempre fomos uma geração desacreditada, duvidavam do nosso potencial, mas apareceram excelentes professores neste ano. Eles nos venderam uma ideia, nos compramos e deu tudo certo. Nossa confiança cresceu e hoje somos um time vitorioso. Foi um bom ano, apesar de não termos sido campeões cariocas – declarou Lucão, que nasceu em 2001 e é o caçula do grupo.

– Foi um ano maravilhoso. Ninguém acreditava na gente. Chegaram a falar que éramos o pior time do Rio. Demos a volta por cima, conquistamos a Taça Guanabara e chegamos à final do Carioca. Infelizmente, o título não veio, mas estar na decisão já foi uma vitória para nós. Os grandes vencedores nem sempre são aqueles que ganham títulos – frisou Miranda, capitão da geração 2000 vascaína.

Fonte: Site Oficial do Vasco

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠