Quente, morno e frio: confira perfil do elenco do Vasco em 2015


O ano se encaminha para o fim e o Vasco ainda não detalhou o planejamento para a próxima temporada. Afinal, tudo depende do jogo de domingo, contra o Coritiba, no Couto Pereira. A indefinição sobre a permanência na Série A ou a queda para a Série B atrasa o 2016 vascaíno, mas a avaliação do elenco atual já foi feita ao longo da temporada e o LANCE! traçou o perfil de cada jogador no termômetro da página.

Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo, Julio Cesar, Diguinho, Serginho, Bruno Gallo, Andrezinho e Nenê terminam o ano em alta, principalmente o último, grande responsável pela arrancada da equipe no Campeonato Brasileiro, com nove gols até agora. Nenê, aliás, já fez o mesmo número de gols que o Cruz-Maltino havia feito até a 23 rodada, antes do início da reação do time.

Há, também, aqueles jogadores que não terminam o ano com muita moral, mas foram importantes em determinados momentos da temporada. São os casos de Jordi, Rafael Vaz, Julio dos Santos, Rafael Silva, Jorge Henrique, Riascos e Leandrão. O quarteto de atacantes fica com todos juntos porque o setor foi, sem dúvida, o mais criticado ao longo do ano. Nenhum deles é unanimidade e parte foi criticada em certa ocasião.

O grupo daqueles que terminam a temporada em baixa é o maior de todos. Afinal, se não fosse assim, o Cruz-Maltino não estaria na situação que vive atualmente no Brasileirão: depende de uma vitória e uma combinação de resultados para se manter na Série A. A formação é com os seguintes atletas: Charles, Nei, Bruno Ferreira, Aislan, Anderson Salles, Jomar, João Carlos, Christianno, Henrique, Bruno Teles, Guiñazú, Seymour, Jean Patrick, Lucas, Emanuel Biancucchi, Jeferson, Eder Luis, Thalles e Herrera.

Desta última lista, alguns dificilmente ficam no ano que vem, como Nei, Aislan, Salles, Christianno, Bruno Teles, Seymour, Jean Patrick, Lucas e Biancucchi. Em São Januário, no entanto, está proibido falar sobre o planejamento para o ano que vem antes do jogo decisivo deste domingo. A partir de segunda-feira é que começam as definições.

Para o Cruz-Maltino não terminar rebaixado pela terceira vez em um espaço de oito anos, precisa vencer a equipe paranaense no Couto Pereira e torcer por tropeços do Figueirense contra o Fluminense, no Orlando Scarpelli, e do Avaí diante do Corinthians, em São Paulo. O matemático Tristão Garcia avalia que as chances de rebaixamento giram em torno de 88%.

QUENTE (em alta): Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo, Julio Cesar, Diguinho, Serginho, Bruno Gallo, Andrezinho e Nenê.

MORNO (normal): Jordi, Rafael Vaz, Julio dos Santos, Rafael Silva, Jorge Henrique, Riascos e Leandrão.

FRIO (em baixa): Charles, Nei, Bruno Ferreira, Aislan, Anderson Salles, Jomar, João Carlos, Christianno, Henrique, Bruno Teles, Guiñazú, Seymour, Jean Patrick, Lucas, Emanuel Biancucchi, Jeferson, Eder Luis, Thalles e Herrera.

Fonte: LANCENET!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠