Doriva lamenta queda do Vasco e diz que se sente responsável: “Lógico”

Doriva foi campeão carioca com o Vasco neste ano (Foto: Agência Estado)

“Lógico, com certeza”. Assim Doriva respondeu quando perguntado se sentia um dos responsáveis pela queda do Vasco para a Série B. O técnico, que também treinou a Ponte Preta e o São Paulo no Brasileirão, iniciou a competição com o Cruz-Maltino e deixou a equipe após a oitava rodada, quando perdeu por 2 a 1 para o Sport. Foram oito jogos, com três empates e cinco derrotas. Doriva admite que tal desempenho contribuiu para o rebaixamento.

– Lógico, com certeza. Fiz parte do processo em um determinado tempo e a minha saída em comum acordo foi para que houvesse mudança em relação aos resultados negativos que estavam acontecendo. Essa mudança houve. O Jorginho fez um grande trabalho. O Celso tentou e não conseguiu. O Jorginho foi eficiente, o time encontrou padrão de jogo, fez ótimas partidas, conseguiu resultados, mas infelizmente não foi o suficiente para ficar – avaliou o técnico.

Doriva, que está sem clube desde sua saída do São Paulo, no início de novembro, lamentou a queda vascaína e a chegada tardia de algumas contratações. Segundo o ex-técnico do Gigante da Colina, o destino poderia ser diferente caso os reforços chegassem antes. No entanto, ele culpou o mercado para a situação.

– O Brasileiro é um campeonato diferente (em relação ao estadual). A gente sabe que campeonato nacional é dificílimo. Tem que estar preparado. Tem que ter elenco forte. O Vasco se mobilizou, e os jogadores chegaram depois. O time conseguiu ter um bom padrão e teve resultados. A gente conversava a respeito de reforços, de buscar, mas o mercado estava difícil. Quando o Vasco conseguiu, os jogadores chegaram e tiveram que ter uma adaptação. Isso levou tempo e não foi suficiente – comentou.

Futuro

Doriva esteve nesta terça-feira na sede da CBF, no Rio de Janeiro, para um seminário promovido pela entidade direcionada a técnicos e alunos da Licença PRÓ, novo curso para treinadores. O ex-técnico do Vasco fará o curso, que é inédito fora da Europa, e ainda aguarda convites para a próxima temporada.

– Estamos esperando os possíveis contatos, aguardando um bom projeto para dar sequência na carreira. Por enquanto não surgiu nada.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠