Vasco é apenas o 11 colocado em receitas de bilheteria no Brasileirão 2015


Os 20 clubes do Campeonato Brasileiro aumentaram o lucro com bilheterias em 15% neste ano em relação ao passado. A soma saltou de R$ 111,4 milhões em 2014 para R$ 127,6 milhões em 2015.

ÉPOCA consolidou os dados de borderôs publicados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O último dos 380 documentos desta temporada, do confronto entre Atlético-MG e Chapecoense pela última rodada, foi publicado na tarde desta quarta-feira (9).

Esta temporada foi a primeira na qual clubes puderam usar estádios reformados para a Copa do Mundo o ano todo. Na passada, alguns estavam indisponíveis nos meses de abril e maio, antes do início da competição da Fifa. Isso interfere no resultado do Brasileirão.

O aumento na receita líquida também é explicado pela alta no preço dos ingressos. O torcedor que pagava média de R$ 33 em 2014 para assistir a uma partida teve de desembolsar R$ 37 em 2015.

O Corinthians, campeão, teve a maior receita líquida, seguido pelo Palmeiras, ambos alavancados por estádios recém-construídos e preços inflacionados. Juntos, embolsaram aproximadamente R$ 45 milhões. Para que se tenha uma ideia da diferença que os paulistas abriram para os demais, a quantia é superior à que receberam 14 clubes somados, do Internacional até o Coritiba.

O cálculo não inclui mensalidades de sócios-torcedores, apenas com ingressos efetivamente comprados por sócios e torcedores “comuns”.

Fonte: Epoca

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠