Após trocas, Vasco mapeia mercado por reforços e prioridade é atacante


A semana do Vasco foi dividida em quatro partes. Na primeira, a diretoria negociou a permanência de Jorginho e Zinho. Em seguida, anunciou a reformulação no departamento de futebol, com a saída de Paulo Angioni, licença de José Luis Moreira, contratação de Isaías Tinoco e demissões na comissão. Feito isso, liberou 17 jogadores em fim de contrato. A parte final começou sexta: a busca por reforços. E a prioridade é por um centroavante.

Nos últimos dias, reuniões entre o presidente Eurico Miranda, o assessor especial da presidência, Eurico Brandão, o “Euriquinho” – filho de Eurico –, o novo gerente de futebol Isaías Tinoco, além de Jorginho e Zinho, traçaram as necessidades do elenco para a próxima temporada.

Além da prioridade pela contratação de um atacante, ficou decidido que também serão necessários um volante e dois laterais. A ideia é ter uma “sombra” para Madson e Julio Cesar, que terminaram o ano elogiados.

Alguns nomes já foram discutidos internamente, outros chegaram a ser oferecidos por empresários, mas por enquanto ainda não há nenhuma definição. Como ficou uma base do elenco deste ano, a ideia é não contratar com pressa. Pelo contrário, analisar as possibilidades, discutir internamente e só depois disso apresentar proposta. Euriquinho é quem deve comandar as negociações, como já aconteceu em parte deste ano.

Apesar da cautela, a expectativa é de ter situações avançadas até a reapresentação do elenco, 6 de janeiro. No dia 11 a delegação parte para o centro de treinamento João Havelange, em Pinheiral, local da pré-temporada.

Fonte: LANCENET!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠