Maior público da história do Mundial de Clubes da Fifa segue sendo o de Vasco x Corinthians em 2000

O Barcelona, pela terceira vez, se sagrou campeão do Mundial de Clubes. Neste domingo, o clube catalão atropelou o River Plate, por 3 a 0, em Yokohama, diante de 66.853 pagantes. O público é bom, mas não o bastante para fazer frente a maioria das finais durante o período em que a FIFA adotou o principal torneio de clubes.

De acordo com o levantamento do Sr. Goool, o público da decisão entre River Plate e Barcelona é apenas o sétimo melhor das 12 edições realizadas pela FIFA. O público da final contribuiu para o torneio ser encerrado com média de 34.039 pagantes e público total de 272.312 torcedores. Tal marca registrou aumento de público em relação as últimas duas edições, mas ainda assim é apenas a oitava maior da história.

O Barcelona realizou quatro finais no atual formato do Mundial de Clubes. O público deste domingo só supera o embate contra o Estudiantes. Em 2009, o título do Barça foi visto por 43.050 fãs. Enquanto isso, a marca mais recente fica atrás da derrota para o Internacional, em 2006 (67.128), e do título contra o Santos, em 2011 (68.166).

Públicos da final!

O maior público de uma decisão no torneio sob a batuta da FIFA, porém, aconteceu no Brasil. O Corinthians foi campeão, em 2000, em cima do Vasco diante de 73 mil apaixonados no Maracanã. O Timão voltaria a dar a volta olímpica, no Japão, também com grande público. Em 2012, o clube paulista bateu o Chelsea perante 68.275 fanáticos.

O público de Corinthians e Chelsea é o terceiro maior da competição. O segundo ocorreu, em 2008, na final entre LDU e Manchester United (68.682). Já em 2007, Boca Juniors e Milan decidiram o título do Mundial de Clubes perante 68.263 torcedores. O torneio, por outro lado, só não teve mais de 40 mil fãs nas finais em 2014 com Real Madrid e San Lorenzo (38.345) e, em 2013, com Bayern de Munique e Raja (37.774), este o pior público de uma decisão no formato da FIFA.

Dobradinha espanhola!

Com o título do Barça, a Espanha também ganhou. O país se tornou o quarto, durante toda a história do Mundial, a vencer duas edições seguidas do torneio. Se o Real Madrid superou o San Lorenzo, em 2014, o Barcelona bateu o River Plate na atual temporada.

Apenas Espanha, Argentina, Brasil e Itália ostentam tal façanha. O Brasil foi o último país a fazer uma dobradinha no Mundial e é o responsável pelo maior número de feitos neste aspecto. Os brasileiros foram bicampeões com Santos (1962 e 1963) e São Paulo (1992 e 1993). No século XXI, os dois títulos seguidos, porém, foram obtidos com clubes diferentes. O São Paulo deu a volta olímpica em 2005 e o Internacional fez a festa em 2006.

A Itália, por sua vez, contabiliza duas dobradinhas com Internazionale (1964 e 1965) e Milan (1989 e 1990). Já a Argentina obteve os títulos com Racing Club (1966) e Estudiantes (1967).

Cinco vezes!

Espanha e Argentina decidiram pela quinta vez o Mundial de Clubes. Os europeus, com o título do Barcelona, aumentaram a vantagem para 4 a 1. A saga entre estes dois países começou, em 1974, ainda sob o nome de Taça Intercontinental de Clubes. Naquela oportunidade, o Atlético de Madrid venceu o Independiente. O torneio, há 40 anos, era decidido em dois jogos. Espanha e Argentina voltaram a se encontrar apenas em 2000, já como Mundial Interclubes.

Foi justamente nesta temporada que os hermanos conseguiram a primeira e única vitória sobre os europeus. O Boca Juniors superou o Real Madrid. Mas desde que o Mundial passou para as mãos da FIFA, a Espanha não sofreu revés. O Barcelona ganhou do Estudiantes, em 2009, e do River Plate, em 2015, enquanto o Real Madrid bateu o San Lorenzo, em 2014.

Países campeões!

O Barcelona garantiu a oitava conquista da Espanha no torneio mais importante de clubes. Levando em conta a Taça Intercontinental (1960 a 1979), o Mundial Interclubes (1980 a 2004) e o Mundial de Clubes, o Brasil lidera com dez títulos, um a mais do que Itália e Argentina.

A Espanha, com seus oito títulos, abriu dois de vantagem para o Uruguai. Já a Alemanha venceu quatro vezes, enquanto a Holanda triunfou em três oportunidades. Inglaterra e Portugal têm dois títulos cada. Por fim, Paraguai e Iugoslávia foram campeões uma vez cada.

Confira os públicos das finais do Mundial de Clubes:

2000
Corinthians x Vasco (73.000)

2008
LDU x Manchester United (68.682)

2012
Corinthians x Chelsea (68.275)

2007
Boca Juniors x Milan (68.263)

2011
Santos x Barcelona (68.166)

2006
Internacional x Barcelona (67.128)

2015
River Plate x Barcelona (66.853)

2005
São Paulo x Liverpool (66.821)

2009
Estudiantes x Barcelona (43.050)

2010
Mazembe x Internazionale (42.174)

2014
Real Madrid x San Lorenzo (38.345)

2013
Bayern de Munique x Raja (37.774)

Fonte: Sr. Goool (texto), Reprodução Internet (foto), NETVASCO (Transcrição).

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠