Zinho deixa carreira executiva para trás e se firma com Jorginho no Vasco

Embora tenha acumulado a tristeza de não conseguir salvar o Vasco do rebaixamento, Zinho está de bem com a carreira profissional. Após um período onde se dedicou à direção executiva, passando por clubes como Nova Iguaçu, Flamengo e Santos, o ex-meia resolveu aceitar o convite do amigo Jorginho de retornar à beira do gramado e, mesmo com a queda à Série B, teve seu trabalho reconhecido e o contrato renovado com o Cruzmaltino.

Atualmente como auxiliar, Zinho já manifestava aos mais próximos o desejo de trabalhar novamente na parte técnica, assim como fez logo quando encerrou a carreira e assumiu o comando da equipe do Miami (USA), onde ficou por dois anos.

Em São Januário, conquistou respeito e carinho de jogadores e dirigentes, que o consideram tão importante quanto Jorginho. Para o presidente Eurico Miranda, por exemplo, ele representa 50% do trabalho do treinador.

“O grande segredo na vinda do Jorginho foi o Zinho, que passou a ser 50% do Jorginho”, disse Eurico à Rádio Globo.

Zinho diz que o tratamento que vem recebendo em São Januário facilitou rapidamente sua adaptação.

“Hoje me sinto muito feliz em São Januário. Vou trabalhar com vontade e satisfação. Desde o porteiro, faxineiro, à tia que serve o cafezinho, sou muito bem tratado por lá. Por isso, sou muito grato ao Eurico por tudo isso”, declarou o auxiliar à Fox Sports na semana passada.

Em sua opinião, nem mesmo a forte ligação com o rival Flamengo, clube onde se projetou e conquistou títulos, dificultou o acerto.

“É uma satisfação muito grande mesmo com minha história pelo Flamengo e minha ligação com o rival, a forma como fui recebido no Vasco. Hoje sou mais reconhecido nas ruas pelo torcedor cruzmaltino que por qualquer outro. Me lembro que quando o Eurico nos procurou, Jorginho foi sozinho para a reunião e o presidente perguntou se não tinha auxiliar. Ele respondeu que era um cara com forte ligação com o Flamengo. Mas o presidente foi logo dizendo que não tinha isso, que foi um jogador que honrou diversas camisas e que me queria trabalhando no clube, sim”, revelou.

Zinho e Jorginho iniciarão os trabalhos da pré-temporada do Vasco dia 6 de janeiro em Pinheiral (RJ).

Fonte: UOL Esporte

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠