Edmundo diz que a administração do Vasco é péssima, mas evita citar Eurico: ‘Não dá para chutar cachorro morto’

Com a torcida rubro-negra em maior número no Maracanã, Edmundo foi um dos mais vaiados da partida de domingo. Autor do primeiro gol do jogo, o ex-atacante não demonstrou desânimo pela implicância dos flamenguistas, mas sim pelo atual momento do Vasco. Mesmo depois de ser criticado por Eurico Miranda, o Animal preferiu não citar o nome do dirigente ao criticar mais um rebaixado do Gigante da Colina.

– É lamentável. Isso mostra o retrato de uma péssima administração. Como torcedor, só tenho isso para falar, pois não estou lá dentro. Não dá para criticar e chutar cachorro morto após um rebaixamento, seria leviano da minha parte – disse Edmundo: – Como torcedor, é muito triste presenciar mais um rebaixamento.
O ex-atacante também não quis comentar os pedidos dos torcedores para que ele seja candidato à presidência do Vasco no futuro.

– O torcedor sempre é passional, fica vidrado e focado no clube. Por isso, uma instituição centenária como o Vasco nunca vai morrer, pois tem o seu principal patrimônio, que é a sua torcida – afirmou o ex-atacante: – No ano que vem, nas competições, a força da torcida vai levar o Vasco para o caminho das vitórias. Um deles é o acesso para à Série A, feito que acho que não deveria ter comemoração, já que ninguém quer jogar a Série B mesmo. Mas, se é o campeonato que tem para jogar, tem que ir com disposição e a torcida tem o papel de cobrar empenho.

Fonte: Extra Online

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠