Felipe: “Acho que o segredo para sair dessa situação é a base”


Sem dúvidas, o ano foi complicado para o Vasco. A equipe até chegou a encaixar, mas no final da temporada, fazendo com que não desse tempo de permanecer na elite do futebol brasileiro. Em contato com a equipe do Esporte Interativo, Felipe, que conquistou grandes títulos no clube cruz-maltino, entre eles, a Libertadores (1998) e a Copa Mercosul (2000), comentou o momento difícil do time de São Januário. Além disso, o ex-atleta elogiou as categorias abaixo do profissional.

“O momento do Vasco é ruim, infelizmente. Acho que o trabalho não foi legal. As contratações não foram boas. Deixou para contratar depois que começou, bateu o desespero. Acho que o segredo para sair dessa situação é a base, o Vasco sempre revelou jogadores, nunca foi diferente, mas há muito tempo não revela. Espero que o Vasco consiga fazer um bom time para disputar a Série de 2017. Sabemos que é difícil jogar a Série B, mas é importante dar oportunidade a esses garotos jovens para que eles possam mostrar sua qualidade. Mas é complicado, é um momento muito difícil que o Vasco tá passando. Acho que é um erro de todos e infelizmente tá nessa situação”, disse.

Como dito por Felipe, o Vasco terá mais um ano complicado na disputa da Série B. Já pensando nisso, o Cruz-Maltino quer permanecer com os jogadores que terminaram o ano no time titular. Um dos mais cotados, pela torcida e pelo próprio clube, é o meia Nenê que, segundo Falcão, amigo pessoal do atleta, está bem encaminhado para continuar a carreira em São Januário. Até o momento, apenas um reforço, o lateral Yago Pikachu, que estava no Paysandu. O novo atleta e os demais se reapresentam no dia 6 de janeiro.

Fonte: Esporte Interativo

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠