Vasco espera retorno de Guiñazu para definir futuro do argentino

A diretoria cruz-maltina e o volante Guiñazu ainda não chegaram a um acordo sobre o futuro do argentino. De acordo com o jornal “Clarín”, da Argentina, o Pitbull, como é chamado pela torcida vascaína, já teria rescindindo com o Vasco, mas não houve contato ainda. A diretoria vascaína espera o retorno do jogador, após as férias, para definir sua situação. A tendência é que o Cruz-Maltino tente fazer um acordo financeiro para que o ex-capitão, com salário alto e mais um ano de contrato, rescinda com o clube.

Apesar da boa relação com a diretoria – inclusive com o presidente Eurico Miranda – e de ser querido pela torcida, Guiñazu, que completa 38 anos em 2016, não deve permanecer no Vasco. Com salário em torno de R$ 150 mil, o que é considerado alto pelo Cruz-Maltino em novo momento de corte de custos, o argentino está fora dos planos da comissão técnica. Guiñazu perdeu a condição de titular absoluto logo depois da chegada do técnico Jorginho e só reapareceu no banco nas últimas partidas do Brasileiro.

Guiñazu tem sondagens de clubes argentinos e espera uma boa proposta para poder se transferir. Segundo o “Clarín”, o volante vai para o Atlético Tucumán, que venceu a Segunda Divisão argentina e garantiu o acesso à elite hermana.

Aos 37 anos, Guinãzu vestiu a camisa do Vasco em 94 partidas, em quase dois anos e meio de clube. Não marcou gols. Virou xodó da torcida cruz-maltina e conquistou, como capitão, o título do Campeonato Carioca de 2015.

Fonte: Globo.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠