Luan celebra renovação com o Vasco: “Quero deixar meu nome na história”

Luan zagueiro Vasco coletiva (Foto: Cahê Mota / GloboEsporte.com)

Querido pela torcida e de contrato renovado por mais quatro anos com o Vasco, o zagueiro Luan comemorou sua permanência no clube durante a coletiva de imprensa, dada após o primeiro treino do Vasco, em Pinheral, no sul do estado do Rio de Janeiro, onde o clube faz sua pré-temporada. Aos 22 anos, o jovem jogador tem passagens pelas categorias de base da seleção brasileira e é um dos destaques da equipe de Jorginho ao lado de Nenê, que também está com um novo vínculo com o time da Colina.

Bastaram cinco minutos para Luan definir seu futuro no Vasco. Valorizado e cobiçado no mercado, o zagueiro revelou que sequer cogitou deixar o Cruz-Maltino. Para ele, é questão de gratidão: o defensor quer retribuir tudo o que o clube lhe deu nos 10 anos em que está na Colina.

– Não quero deixar o clube na situação em que está. Acho que tenho uma dívida com o clube, estou aqui desde criança. Seria muito ingrato da minha parte sair daqui para outro time com o Vasco na segunda divisão. Quero deixar meu nome na história desse clube, estou construindo uma imagem dentro e fora de campo, e o Vasco tem participação em 100% disso. Na minha formação como ser humano e como atleta de futebol. Foram muitas mensagens em redes sociais, o pessoal agradecendo, sempre disse que ia ficar. A conversa não durou nem cinco minutos para renovar. Já estava decidido.

Luan estendeu seu contrato até dezembro de 2019 com o clube. Recentemente, foi procurado pelo Corinthians e teve seu nome especulado no Torino, da Itália. A diretoria cruz-maltina, porém, sempre o tratou como inegociável. Apesar da juventude, o zagueiro é visto como peça-chave no elenco e começa a mostrar perfil de liderança dentro do grupo.

Confira os tópicos da coletiva:

Planos para 2016

A expectativa para 2016 é muito boa. É um ano de muito trabalho. Vocês viram um pouco do treino. O começo do ano é muito intenso, desgastante, e esperamos fazer uma grande temporada. O Carioca está aí. É difícil, disputado. Vamos tentar manter o título, vamos ver o que o Jorginho quer. Temos uma base montada do ano passado. Mesmo o que aconteceu já temos uma base. As chegadas do Pikachu, do Marcelo Mattos e dos meninos da base, vão nos ajudar bastante.

Jogar no exterior

Tenho vontade de jogar fora, mas não é o momento. Não queria sair com o clube nessa situação. Tenho uma dívida com o clube. Não ia sair. Não vou ser hipócrita, mas não era o momento de sair. O momento era de  . Conversei com os mais próximos e achamos que era o momento disso. Tenho muito a fazer aqui. Quero me tornar ídolo, quero ficar aqui.

Dívida com o Vasco

O futebol é um esporte coletivo. No primeiro rebaixamento, joguei só sete jogos. No ano passado, também fiquei muito na Seleção. Minha dívida é pelo Vasco ter me dado onde estudar, onde comer, onde dormir… Fico feliz e emocionado. Quero seguir evoluindo cada dia mais.

Parceria com Rodrigo

O Rodrigo é chato para caramba (risos). Vocês viram aí nos treinos, mas é um dos caras que me ajudam na evolução. Ele me ligou para dar os parabéns pela renovação. O que vocês vêm em campo é o jeito dele mesmo. Gosto quando chama a atenção, conversa. Vejo a admiração, o carinho por mim, a vontade de me ver crescer e agradeço muito.

Reforço para o ataque

Aposto muito no Thales esse ano, converso muito nele. Vocês podem ver a dedicação no dia a dia. Confio muito na rapaziada que está aqui. Tem o Riascos, a garotada que está subindo. Todo reforço de qualidade é bem-vindo, mas aposto muito em um grande ano deles todos.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠