Pikachu fala sobre saída de Abel e projeta futuro “Vai ser como se fosse uma temporada nova”


O lateral Yago Pikachu é o jogador na atualidade com mais partidas disputadas com a camisa do Vasco, 212 partidas; nesta paralisação o atleta mantém a forma durante a pandemia da Covid-19 em Belém.

Pikachu analisou as causas para o insucesso de Abel Braga, substituído por Ramon, e falou o que esperar para o futuro no site uol.

Ele que já balançou as redes 33 vezes pelo Vasco, evitou citar questões como o atrasos salarial recorrente no Clube, mas disse que o momento delicado vascaíno foi decisivo para as dificuldades encontradas em campo neste ano.

“Trabalhamos muito duro com professor Abel, mas as coisas acabaram não acontecendo. Acho que os problemas de fora influenciaram um pouco, foi muita pressão em cima dele. O Ramon já conhece o nosso dia a dia, tem a confiança do grupo e uma história de sucesso dentro do Vasco. O início do ano não foi como nós queríamos. Tivemos algumas dificuldades, jogadores chegando outros saindo, treinador novo, tudo isso influencia e eu me cobro muito também. Vai ser como se fosse uma temporada nova”

Além dos gols, Yago Pikachu tem como marca o fato de ser um jogador que atua no meio de campo. Ele afirmou que a lateral é a posição na qual se sente mais à vontade de atuar, porém disse estar às ordens para atuar no meio ou até na ponta. O atleta tem contrato até o fim de 2021, e evitou falar de sua permanência, mas deixou claro que vê com bons olhos a possibilidade de renovar com o Vasco:

“Ainda é cedo para falar disso, ainda mais com a incerteza em relação ao calendário. Mas, como disse, sou muito feliz no Vasco, quero continuar escrevendo essa história, eu me sinto totalmente em casa. É um clube diferente, tem essa coisa muito próxima dos atletas com todos os funcionários e comunidade. Como se fosse uma família mesmo”.

O atleta conquistou dos Carioca de 2016 pelo Vasco e teve a convivência com um dos maiores jogadores de sua posição em todos os tempos. Treinado por Jorginho, Pikachu destacou que o antigo comandante foi de muita importância para sua evolução na carreira.

“Ele me ajudou muito por conhecer muito bem a posição. Foi um dos maiores da história. Foi um treinador que me deu muita confiança e acredito que evolui muito com ele. Aquele período ali foi um dos melhores da minha carreira. Temos um bom relacionamento, ele é sempre muito carinhoso quando nos encontramos”, relatou Pikachu.

Vascaínos Unidos

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠