Departamento Paralímpico do Vasco emite nota protestando por fim de atividades e demissões


Departamento Paralímpico do Vasco emite nota protestando por fim de atividades e demissões

Na última segunda-feira a diretoria administrativa optou por encerrar as atividades do Departamento Paralímpico e demitindo os atletas do setor. Via nota o departamento exaltou a grandeza e história do clube e relatou resulatados históricos alcançados pelo Departamento, além de divulgar os valores gastos pelo clube com as modalidades.

“O paralimpico do Vasco tem tanto carinho e orgulho do clube que se realmente for comprovado que os R$ 17.800,00 mensais (valor total BRUTO dos vencimentos de TODA a folha salarial da comissão técnica da modalidade incluindo técnicos, auxiliares técnicos e coordenação) forem sanar a crise financeira que a “pandemia’ está gerando no clube, sai feliz por poder ter mais uma vez ajudado ao Clube, porém, se todo esse aporte financeiro mensal supracitado não influenciar em nada, sairemos com a duvida que não quer calar, porque apenas os deficientes precisam deixar o clube, já que todos os outros atletas serão mantidos?”

Confira a nota completa:

‘Brigamos até o fim! Travamos uma luta bem desleal que teve início nesta última segunda feira (11/05/2020) porque não tivemos direito a defesa, porém o Club de Regatas Vasco da Gama, na figura do “Comitê Gestor e por consequência na figura do nosso Vice Presidente Francisco Vilanova e Presidente Alexandre Campello, decidiram finalizar com os esportes paralimpicos, demitindo toda comissão técnica, atletas e por consequência alunos, familiares dos alunos ou seja tudo que envolva pessoas com deficiência.

O paralímpico do Vasco, mesmo sendo a modalidade (amadora) que mais deu resultados expressivos nos últimos 10 anos, mesmo sendo a modalidade âncora dos projetos da CBC que o clube captou para a reforma da piscina, algo em torno de R$1.200.000,00 e que se tivesse a bendita Certidão Negativa de Débitos poderia estar recebendo verba em todos os editais; Sai, nesse momento apequenado como parecendo uns coitados, os deficientes, já que não pode falar aleijados, vamos falar PCD que é mais social. Sai pela porta dos fundos meio a uma pandemia sem sequer ser citado pelo Presidente nas entrevistas, pasmem.

O paralímpico do Vasco, mesmo tendo enviado atletas a TODAS as edições dos jogos paralimpicos desde Athenas em 2004, Sempre voltando com as medalhas que em outras épocas eram motivo de orgulho!!! Dávamos volta olímpica no campo de são Januário e éramos felicitados pela torcida. Ha exatos 3 anos não recebemos nenhum parabéns, nenhum aperto de mão, mas ok estávamos lá fazendo nosso trabalho, ganhando e levando o Vasco ao topo do Pódio.

O paralímpico do Vasco Pentacampeão Brasileiro (invicto) de Futebol de 7. A 3a força do Brasil na natação, que mesmo com o número reduzido de atletas (haja vista que as duas últimas viagens tivemos que pagar do próprio bolso) mantivemos o clube no pódio, figuramos sempre entre os melhores do Brasil no Voleibol sentado, acabou morrendo na praia, na sombra dos esportes Olimpicos. Esses sim permanecem todos no clube, justo.
O paralimpico do Vasco, que resolveu dar aulas de natação para bebe deficiente, gratuita, que para não onerar ao Clube usava os técnicos como professores, que deixa órfãos esportivamente 128 alunos/atletas.

Mas o paralímpico do Vasco, fez parte da história linda que o Vasco tem de inclusão, de pioneirismo, isso ninguém vai poder apagar. O paralimpico do Vasco tem tanto carinho e orgulho do clube que se realmente for comprovado que os R$ 17.800,00 mensais (valor total BRUTO dos vencimentos de TODA a folha salarial da comissão técnica da modalidade incluindo técnicos, auxiliares técnicos e coordenação) forem sanar a crise financeira que a “pandemia’ está gerando no clube, sai feliz por poder ter mais uma vez ajudado ao Clube, porém, se todo esse aporte financeiro mensal supracitado não influenciar em nada, sairemos com a duvida que não quer calar, porque apenas os deficientes precisam deixar o clube, já que todos os outros atletas serão mantidos?’

Vascaínos Unidos

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠