Prefeitura autoriza e Estadual deve voltar na quinta-feira

O Campeonato estadual está autorizado a voltar, após três meses de paralisação, por conta da pandemia de Coronavírus. Em coletiva de imprensa nesta terça, a Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou a segunda fase da flexibilização das medidas restritivas na cidade, a partir desta quarta. Entre elas, a volta das competições esportivas, com portões fechados para o público.

O prefeito Marcelo Crivella reforçou que o Campeonato Carioca será retomado com portões fechados para o público, provavelmente a partir desta quinta. A decisão final, no entanto, cabe à Federação de Futebol e aos clubes. Uma reunião nesta quarta, entre Prefeitura e clubes, definirá as datas da volta do campeonato estadual do Rio de Janeiro.

Todos estão autorizados a jogar a partir desta quarta, mas ninguém será obrigado a entrar em campo. Fluminense e Botafogo, por exemplo, são contra a volta imediata.

“A fase permite. Porém, depende amanhã com a Federação porque Botafogo e Fluminense querem ter o direito e têm todo o direito… É o que eu estava explicando, ninguém é obrigado a seguir os passos da Prefeitura. A pessoa decide o que ela decide. Eles não querem jogar. Então, para não ter judicialização e suspender o Campeonato mais uma vez pelo Tribunal de Justiça, que é sempre muito prudente, quando a pessoa pede a liminar eles concedem… A ideia é fazer um acordo. Quem quiser jogar, joga. Quem não quiser, tem que ser respeitado e jogar só em julho” disse o prefeito Marcelo Crivella. O prefeito do Rio de Janeiro ainda revelou que o presidente Jair Bolsonaro planeja estar no Maracanã para acompanhar a volta do Campeonato Carioca.

“O presidente Bolsonaro prometeu que vem, hein. O presidente Bolsonaro diz que vem, então não vai ser [com o estádio] vazio não, o presidente vai estar lá vendo o jogo”

O retorno de treinos e competições consta entre as medidas de flexibilização do isolamento social anunciadas pela gestão do prefeito Marcelo Crivella no início deste mês. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e a maioria dos clubes cariocas contam com essa liberação para bater o martelo pela volta do Estadual. Na madrugada desta terça, a entidade se reuniu com os filiados e encaminhou o retorno das partidas a partir da próxima quinta-feira. Os únicos contrários foram Botafogo e Fluminense, que pretendem ir à Justiça contra a volta do futebol. A dupla entende que não há segurança suficiente para voltar ao trabalho enquanto a epidemia não for controlada. O debate entre federações e clubes continua na noite desta terça, quando está marcada nova reunião arbitral às 20h.

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠