Mesmo com as medidas de isolamento, torcedores receberam ônibus do Vasco em São Januário


Mesmo sem poder apoiar a equipe na arquibancada em função das regras de isolamento impostas em razão do novo coronavírus, alguns torcedores do Vasco compareceram aos arredores de São Januário para receber a equipe que enfrenta o Macaé neste domingo, em partida válida pela quarta rodada da Taça Rio.

Torcedor-símbolo do Vasco, Caíque ignorou os portões fechados e veio até São Januário para receber a equipe que encara hoje (28) o Macaé. O vascaíno está próximo da entrada dos ônibus dos jogadores e falou sobre a angústia de não poder ver de perto seu clube do coração. Ele disse que acompanhará o jogo da porta principal.

“Estou com uma saudade danada de voltar pra minha casa. Gosto de ver o ônibus entrar, mas vou ficar na porta do estádio bebendo uma cervejinha e queimando uma carne”, disse. Famoso por levar consigo sempre uma placa com uma diferente mensagem, Caíque hoje trouxe uma com dizeres de combate ao racismo. Apesar dos tempos de pandemia, ele disse apoiar as medidas restritivas. “Tenho fé que vai passa e e nossa torcida vai voltar a brilhar. Hoje a gente ganha por 3 a 0”, completou ele.

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠