Paulinho é eleito uma das dez promessas para a próxima temporada da Budesliga: “Reconhecimento”

Um dos mais importantes campeonatos da Europa, o Alemão foi o primeiro a terminar após a pausa da pandemia de Covid-19. Um mês após o encerramento, a Budesliga elegeu as dez jovens promessas para a próxima temporada, que começará no dia 18 de setembro. Entre elas, o brasileiro Paulinho, ex-Vasco, há dois anos no Bayer Leverkusen.

“O brasileiro, revelado no Vasco, é um dos destaques do Bayer Leverkusen e grande aposta para a próxima temporada. Paulinho chegou aos 17 anos na equipe e passou por um período para ser adaptar ao novo futebol, a cultura e tudo que envolve a grande mudança na vida de um jovem brasileiro que vai para a Alemanha. A grande virada para Paulinho veio após se destacar no torneio pré-olímpico, na seleção brasileira sub-23. Ele mostrou do que era capaz e quando voltou para a Alemanha, manteve a boa fase com gols e assistências jogando com a camisa 7 do Bayer Leverkusen”, diz o perfil da Bundesliga sobre o brasileiro, que completou 20 anos no dia 14 de julho.

A Bundesliga aposta no sucesso de Paulinho, mesmo com o jogador já antecipadamente ausente do primeiro turno do Campeonato Alemão 2020/21. O meia rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito no início de julho, foi operado e só deve voltar no início de 2021.

Confira as dez promessas da Bundesliga para a próxima temporada (por ordem alfabética):

Cristoph Baumgartner, meia austríaco, Hoffenheim – Dani Olmo, meia-atacante espanhol, RB Leipzig – Florian Wirtz, atacante alemão, Bayer Leverkusen – Gio Reyna, meia-atacante americano, Borussia Dortmund – Ismail Jakobs, lateral alemão, Colônia – Joshua Zirkzee, atacante holandês, Bayern de Munique – Jude Bellingham, volante inglês, Borussia Dortmund – Paulinho, meia-atacante brasileiro, Bayer Leverkusen – Ruben Vargas, atacante suíço, Augsburg – Youssoufa Moukoko, atacante alemão, Borussia Dortmund

Iniciando o processo de recuperação, Paulinho comemorou a presença do seu nome entre as dez promessas da Bundesliga.

– Sempre fico feliz ao ser nomeado nessas eleições, pois isso é o reconhecimento pelo bom trabalho. Desde quando as convocações para a seleção olímpica começaram, eu tive uma boa sequência, participei da competição em Toulon, na França, e do Pré-Olímpico, na Colômbia, que foram fundamentais para que eu tivesse bons números de gols e assistências. E quando voltei para o Bayer, joguei e consegui manter essa boa sequência – disse o jogador, que disputou 12 partidas e fez três gols na última Bundesliga.

Na próxima quinta-feira, o Bayer Leverkusen volta a disputar a Liga Europa, também interrompida pela pandemia de Covid-19. Sem público na BayArena, o time receberá o Rangers no jogo de volta das oitavas de final, depois de vencer por 3 a 1 na ida, em março.

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠