Leven Siano recorre ao STF contra decisão do STJ que suspendeu eleição de 07/11

Joel Silva @JoelSilva90
Leven Siano recorre ao Supremo Tribunal Federal na tentativa de reverter a decisão do STJ que suspendeu a eleição do último sábado. Mais detalhes em instantes no @portalenm. #VascoENM

Fonte: Twitter do jornalista Joel Silva/Esporte News Mundo

Leven Siano leva eleição do Vasco para o STF e aguarda decisão da ministra Cármen Lúcia

A eleição do Vasco chegou na noite desta sexta-feira na instância máxima do Judiciário no Brasil: o Supremo Tribunal Federal (STF). O Esporte News Mundo teve acesso a detalhes do caso, interposto por Leven Siano, da chapa Somamos, contra a decisão vigente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), proferida pelo ministro presidente Humberto Martins, que suspendeu os efeitos da decisão que havia liberado o pleito para presidente no sábado passado, remarcando para este fim de semana. O caso já está nas mãos da ministra Cármen Lúcia para uma decisão.

Leven Siano usou no STF argumentos que já havia dito publicamente e no próprio mandado de segunda que entrou no STJ horas antes. O principal é a de que o STJ não teria competência para julgar o caso. A expectativa nos bastidores dos envolvidos com a eleição do Vasco é a de que ainda antes do início da votação deste sábado, marcada para começar às 9h, tenha uma decisão da Justiça sobre os inúmeros processos e pedidos das últimas horas.

Mais cedo, conforme o ENM antecipou, Faues Mussa, presidente da Assembleia Geral do Vasco, contra-atacou na Justiça, com uma movimentação em segunda instância – a qual, caso acatada, derrubaria todos os atuais recursos sobre a eleição do Cruz-Maltino que percorrem os tribunais superiores em Brasília. O dirigente protocolou petição em que alega que a desistência de Leven Siano em concorrer tira a legitimidade do representante da chapa Somamos em propor qualquer recurso por perda da condição de interessado.

Fonte: Esporte News Mundo

Leven Siano vai ao Supremo Tribunal Federal para reconhecer eleição em que foi mais votado no Vasco

Depois de pedir reconsideração junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a respeito de decisão que suspendeu a eleição do último sábado na quinta-feira e entrar com mandado de segurança nesta sexta, o candidato Luiz Roberto Leven Siano, o mais votado no pleito de São Januário, recorreu ao Supremo Tribunal Federal também nesta sexta. Todos os movimentos têm como objetivo central a validação do resultado obtido por Leven nas urnas de São Januário.

Representado pelo advogado Pedro Estevam Pinto Serrano, Leven ingressou no STF às 17h05 desta sexta. A ministra Cármen Lúcia será a relatora do processo.

O presidente da Assembleia Geral do Vasco, Faués Cherene Jassus, o Mussa, é alvo da nova ação de Leven Siano. A defesa de Mussa, inclusive, já foi notificada.

Além de validar o pleito do último sábado, no qual Leven foi o mais votado

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠