Grêmio teria aumentado proposta por Martín Benítez

Salientando que segue atento a bons investimentos, o Grêmio coloca o futebol sul-americano como um bom mercado para novos reforços. Segundo a análise da diretoria, nomes estrangeiros possuem um custo benefício dentro dos padrões financeiros e que podem despontar com a camisa tricolor. Reforços internacionais também são observados. Diego Churín e Pinares, por exemplo, foram contratados na última janela.

O meio-campista Jean Pyerre é um dos grandes nomes do Imortal na temporada 2020. Depois de se afastar por problemas físicos, o jovem assumiu a camisa 10 e vem tendo papel de protagonista na reação do Tricolor Gaúcho. A boa fase do jogador, de 22 anos, vem sendo acompanhada de perto por clubes europeus. Seus empresários, inclusive, já realizaram viagens para conversar com outras equipes.

O desejo, no entanto, é que o meia marque seu nome na história gremista antes de sair. Já pensando na saída de algumas promessas, o Grêmio começa a se movimentar no mercado. Martín Benítez, destaque do Vasco, surgiu como uma das possibilidades no mercado do Tricolor, que já pensa em novas contratações. O craque argentino pode estar de saída do clube carioca, já que sua situação ainda está indefinida no futebol argentino.

Romildo Bolzan, presidente do Tricolor, sinalizou interesse na contratação do meia-atacante há alguns meses (outubro), mas nenhuma proposta oficial havia sido formalizada. Jorge Damiani, diretor esportivo do Independiente, da Argentina, revelou (aos canais ESPN) que foi procurado por Grêmio e Palmeiras. A oferta de compra dos dois clubes brasileiros são superiores à do Vasco, que ainda não desistiu.

Ou seja, o Grêmio aumentou a pedida para tentar fechar com Benítez. Com contrato até 31 de dezembro, o meia pode só fazer mais dois jogos antes de ir embora. O argentino está emprestado pelo Independiente e se vê bem adaptado ao RJ, mas não tem permanência garantida. Damiani também destaca que, para contar com o atleta, existe um valor mínimo que é de US$ 4 milhões de dólares (R$ 21 milhões) por 60% dos direitos econômicos do jogador.

Fonte: Bolavip

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠