Com a saída de Ribamar, Tiago Reis segue como opção imediata a Germán Cano

O Vasco confirmou a saída de Ribamar em comunicado oficial ontem (22) após não demonstrar interesse em buscar uma renovação. Sem a presença do atacante para o restante do Campeonato Brasileiro, se abrirá espaço para o prata-da-casa Tiago Reis, de 21 anos, se tornar o possível substituto imediato do artilheiro Germán Cano.

Vice-artilheiro da Copinha de 2019 — quando o Cruzmaltino sagrou-se vice-campeão — ele surgiu no profissional de forma animadora, fazendo gols no Campeonato Carioca daquele ano, mas não conseguiu manter a regularidade e acabou sendo preterido por um longo tempo, “renascendo das cinzas” sete meses depois, já com o técnico Ricardo Sá Pinto nesta temporada, ao fazer o gol da vitória sobre o Caracas (VEN), em São Januário, pela Copa Sul-Americana.

O português o vê com um olhar especial e acredita no crescimento do jovem, a quem o chama de “Tiaguinho” carinhosamente. O treinador destaca sua dedicação nos treinamentos e a capacidade de finalização, característica que traz desde a base.

Com o lusitano, Tiago Reis já disputou oito partidas, mas em apenas uma ele começou como titular, justamente no duelo de volta contra o Caracas, na Venezuela.

A favor do jovem há uma paciência um pouco maior da torcida ao seu futebol, situação diferente da que vivia Ribamar, que nesta temporada foi muito criticado pelos vascaínos.

Colombiano “coringa”

No Vasco desde o mês passado, o atacante Gustavo Torres também pode desempenhar a função de centroavante, embora tenha sido utilizado por Ricardo Sá Pinto nas pontas. O colombiano está emprestado pelo Atlético Nacional (COL) até o fim do Campeonato Brasileiro e ainda não fez gol pelo Cruzmaltino.

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠