Luxemburgo abre mão de salário e terá bônus caso mantenha o Vasco na Série A

Anunciado como novo treinador do Vasco, Vanderlei Luxemburgo abriu mão de receber salários nos 12 jogos restantes do clube no Campeonato Brasileiro 2020. Ele terá direito a um bônus estabelecido em contrato se a equipe permanecer na elite do futebol nacional na próxima temporada, mas sem não haverá remuneração fixa.

O acordo que não prevê pagamento de vencimentos na volta ao estádio São Januário foi um pedido do próprio comandante à cúpula. Ele foi contratado com o intuito de evitar o rebaixamento do time nesta temporada.

Os valores que serão pagos em caso de permanência da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro ainda não são revelados pelas partes.

Vanderlei Luxemburgo tem contrato com o Vasco até fevereiro de 2021. O treinador, a princípio, foi chamado para “enfocar completamente no cumprimento das metas esportivas da equipe para o Brasileirão”, de acordo com comunicado oficial divulgado pelo clube.

Esta será a segunda passagem do treinador no clube. Ele comandou o Vasco em 34 jogos em 2019: 12 vitórias, 12 empates e 10 derrotas. O novo treinador tem a incumbência de substituir Ricardo Sá Pinto, demitido nos últimos dias.

Fonte: UOL

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠