Luxemburgo perdeu Rossi por 1 mês em 2019 também devido a uma apendicite

Em 2019, quando o técnico também era Vanderlei Luxemburgo, o atacante Rossi — hoje no Bahia — também teve um quadro de apendicite. Na ocasião ficou, por recomendação médica, 15 dias sem praticar qualquer exercício físico. Em seu retorno aos treinos, ainda precisou se recondicionar. No total, ele ficou um mês fora até seu retorno aos gramados.