Veja mais trechos da petição de Salgado na ação do Solidariedade no STF

Presidente eleito do Vasco após decisão de colegiado de juízes do TJ/RJ no último dia 17, Jorge Salgado fez petição ao Superior Tribunal Federal para a retirada da ação no mesmo STF movida pelo partido Solidariedade, que pede que Luiz Roberto Leven Siano seja empossado na próxima semana. O portal “Esporte News do Mundo” publicou a informação primeiramente.

Vale lembrar que na terça-feira pedidos de efeitos suspensivo sobre embargos referente ao acórdão que fez de Jorge Salgado presidente no último dia 17 movidos por Leven Siano e Roberto Monteiro foram indeferidos pelo desembargador Custódio Tostes.

Em extenso documento composto por 18 folhas, a defesa de Salgado sustenta que a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) movida pelo partido Solidariedade a fim de empossar Leven Siano como presidente é indevida.

Ao solicitar que Jorge Salgado seja impedido de tomar posse, o que está previsto para ocorrer na segunda quinzena de janeiro (Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, ainda não convocou a sessão), o Solidariedade alegou haver erro na decisão do TJ do Rio.

Durante a fundamentação, Salgado narra todo processo eleitoral do Vasco e explica as razões pelas quais acredita que a eleição que venceu, realizada em 14 de novembro, tem validade.

No item 29 da peça, situado na página 14, Salgado afirma que Leven tenta assumir a presidência do Vasco a qualquer custo:

“Não bastasse isso, todas as estapafúrdias alegações trazidas pelo Partido Político já haviam sido rechaçadas pelas vias ordinárias, demonstrando-se que a presente ADPF nada mais é do que inconformismo com o regular desenlace de processo judicial, que contrariou os interesses privados do Sr. Luiz Roberto Leven Siano, que tenta, a qualquer custo, assumir a presidência do Club de Regatas Vasco da Gama”.

Confira as cinco primeiras folhas do documento:

Confira a página final da peça, assinada pelos advogados José Roberto Castro Neves, Roberto Duque Estrada de Sousa, Marcos Pitanga Ferreira, José Cândido Bulhões Pedreira e Paulo Cesar Salomão Filho:

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠