Rubens Lopes, presidente da FFERJ: ‘Inacreditável o que aconteceu com o Vasco no jogo de hoje’

O presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, Rubens Lopes, não deixou passar em branco a polêmica envolvendo o VAR na vitória do Internacional por 2 a 0 sobre o Vasco em São Januário (RJ). O dirigente se mostrou bastante incomodado com tudo o que ocorreu e criticou o árbitro Flávio Rodrigues de Souza, o assistente de árbitro de vídeo, José Cláudio Rocha Filho, e a tecnologia em si.

“Inacreditável o que aconteceu com o Vasco no jogo de hoje. Um possível deficiente visual como assistente, um VAR que, inexplicável e misteriosamente, ‘enguiça’ em momento crucial e, por fim, uma opção aleatória de quem nada viu, mas decidiu por similaridade. Só não vale culpar o Cano pelos pontos não conquistados. Vamos aguardar o que dirão os generais”, declarou ao UOL Esporte.

O motivo de tanta polêmica foi uma suposta falha técnica no equipamento de árbitro de vídeo que teria inviabilizado a verificação de um possível impedimento no gol de Rodrigo de Dourado, o primeiro do Internacional.

O próprio jogador, na saída para o intervalo, disse ao Premiere que o árbitro teria alegado dificuldades do VAR na checagem do lance.

Na súmula, porém, Flávio Rodrigues de Sousa escreveu que “nada houve de anormal” no trecho reservado para “observações eventuais”.

Com o resultado, o Internacional se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro e pode ser campeão caso vença o Flamengo, no próximo domingo, no Maracanã (RJ).

Já o Vasco vive situação desesperadora na zona do rebaixamento e está a um ponto do Bahia, que está em 16º. Caso na próxima rodada ele perca para o Corinthians e o Tricolor baiano vença o Fortaleza, o clube já estará rebaixado.

Fonte: UOL

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠