Vasco tem retrospecto desfavorável contra o Corinthians em São Paulo

O Vasco tem um grande desafio pela frente na busca para permanecer na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Contra o Corinthians, no domingo (21), o Cruz-maltino joga contra os selecionados de Vagner Mancini e também contra um jejum bastante incômodo historicamente falando. Inaugurada em 2014, a Neo Química Arena, à época chamada de Arena Corinthians, já recebeu quatro duelos entre as equipes e o número é muito mais animador para o lado paulista do duelo.

Nas quatro oportunidades em que se encontraram na Arena, foram quatro vitórias do Corinthians (veja tabela abaixo). No total o Timão marcou seis gols. A curiosidade maior fica por conta do ataque do Vasco: nenhum gol marcado no estádio, palco da abertura da Copa do Mundo de 2014.

As idas do Vasco para o estádio corintiano realmente não trazem boas recordações para os cariocas. Em 2015, na primeira oportunidade em que se enfrentaram lá, vitória do Corinthians por 3 a 0, fora o baile. A equipe Cruz-maltina fez uma partida muito ruim e foi facilmente batida pelo forte time comandado por Tite. Não à toa o atual técnico da Seleção Brasileira levou sua equipe ao título brasileiro, enquanto o Vasco foi rebaixado pela terceira vez para a Série B.

Dois anos depois, quando o time da Colina retornou à elite, se enfrentaram em uma fase boa dos dois lados. O Vasco fez jogo duro, mas acabou derrotado por 1 a 0, gol de Jô, craque daquele Brasileirão, que teria o próprio Corinthians como campeão novamente. O trauma da vez não foi uma atuação ruim, e sim o erro de arbitragem que resultou no gol corintiano. Jô usou o braço para empurrar a bola para as redes de Martín Silva, ludibriando a arbitragem. Como não havia VAR na época, o gol foi validado. Mesmo com o revés, vaga na Libertadores garantida para o time da Colina.

Em 2018, mais lembranças ruins. O jogo valia pela 35ª rodada e o Vasco lutava desesperadamente contra o descenso. Mateus Vital, que se transferira no início da temporada em questão para a capital paulista, fez o gol da vitória, que ficou marcada por novos erros de arbitragem contra o Cruz-maltino, com pênalti ignorado no fim do jogo. A memória positiva, porém, foi que o time de Alberto Valentim evitou o rebaixamento na última rodada.

E não foi diferente no ano seguinte, data da última partida entre ambos na Neo Química Arena. O Corinthians venceu pela terceira vez seguida pelo mesmo placar (1 a 0, gol de Ralf), em novo jogo marcado por polêmica da arbitragem. Werley marcou um gol para os visitantes quando o placar ainda mostrava 0 a 0, mas o VAR anulou o tento, em lance que até hoje não ficou claro a condição do jogador. No ano em questão, no entanto, o Vasco ficou na confortável 12ª posição.
Vasco pode precisar de pontos para evitar rebaixamento antecipado

O jogo de domingo, marcado para as 16h (de Brasília), pode ganhar transtornos decisivos para o Vasco. Isso porque Fortaleza e Bahia, outros dois que lutam contra a queda, se enfrentam na Arena Castelão no sábado (20), um dia antes do duelo da Neo Química Arena. O Vasco torce desesperadamente para o Fortaleza, visto que a vitória do Leão do Pici, por mais que o faça escapar matematicamente do Z4, estagnaria o Bahia nos 38 pontos, fazendo com que o time carioca não tenha obrigação de ganhar pontos para não cair com uma rodada de antecedência. Por outro lado, uma vitória dos visitantes obrigam o Vasco não só encerrar o jejum de gols, como vencer o Corinthians em sua já não tão nova casa, algo, como vimos, inédito na história. Entenda melhor essa combinação clicando aqui.

Confira todos os jogos entre Corinthians e Vasco em Itaquera:

2015 – Corinthians 3×0 Vasco – 16ª Rodada*
2017 – Corinthians 1×0 Vasco – 24ª Rodada*
2018 – Corinthians 1×0 Vasco – 35ª Rodada
2019 – Corinthians 1×0 Vasco – 22ª Rodada

*Anos que o Corinthians terminou campeão brasileiro

FOTO: DANIEL AUGUSTO JR. / AG. CORINTHIANSCorinthians x Vasco em 2019

Corinthians x Vasco em 2019

Fonte: Jogada 10

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠