Principal jogador da temporada, Germán Cano vive terceiro jejum

Destaque absoluto do Vasco em 2020, Germán Cano vive seu terceiro jejum na temporada – são cinco partidas sem balançar as redes. Não marca desde 23 de janeiro, quando deixou dois nos 3 a 2 sobre o Atlético-MG, jogo que marca a última vitória da equipe no campeonato. E quando Cano faz gols, os vascaínos têm ótimo aproveitamento – com os 13 que anotou em 10 confrontos, fez 21 pontos de 30 possíveis (70%).

As outras duas secas se deram entre setembro e novembro e de dezembro a janeiro. A primeira foi a pior, com nove jogos sem marcar. Depois de fazer um gol na vitória por 3 a 2 sobre o Botafogo, em 13 de setembro, só voltou às redes em 14 de novembro, com dois no triunfo por 2 a 0 sobre o Sport. A segunda foi de seis partidas, entre o marcado contra o Fluminense – no empate por 1 a 1, em 13 de dezembro -, e os anotados diante do Galo.

Com os 13 gols de Cano no Brasileiro distribuídos em 10 partidas (o Vasco tem 34), a equipe se comportou da seguinte forma: venceu Atlético-MG (3×2), Sport (2×0), Botafogo (3×2), Athletico-PR (1×0), Ceará (3×0) e São Paulo (2×1); empatou com Fluminense (1×1), São Paulo (1×1) e Santos (2×2). Perdeu apenas para o Atlético-GO, por 2 a 1.

Pênalti perdido se dá num momento de queda em finalizações

Cano é disparado o líder de finalizações do Vasco no Brasileiro, com 67 (o segundo, Talles Magno, tem 33), mas viu sua frequência no quesito diminuir bastante nos últimos cinco jogos.

Contra o Internacional, no domingo passado, finalizou apenas duas vezes, numa delas perdeu pênalti pela primeira vez com a Cruz de Malta no peito.

Sua média no Brasileiro é de 2,1 finalizações por jogo, com um gol a cada 5,1 finalizações. Nos últimos cinco compromissos, que constituem sua terceira seca na temporada, a média caiu para 1,4 por confronto.

Confira como Cano finalizou em seus últimos cinco jogos (os números acima foram levantados pelo jornalista Guilherme Marçal, do Espião Estatístico do ge):

Inter – 2
Fortaleza – 1
Flamengo – 2
Bahia – 1
Palmeiras – 1

Com 23 gols dos 50 marcados pelo Vasco na atual temporada, Cano é inegavelmente o grande jogador do time. E os números não deixam dúvidas o quanto os gols do camisa 14 fazem diferença. Desencana, Cano!

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠