Vasco vai se organizando para disputar a Série B enquanto aguarda decisão do STJD sobre o jogo contra o Internacional

Com chances ínfimas de se livrar do rebaixamento, o Vasco já planeja a próxima temporada na Série B, mas ainda aguarda a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) sobre o pedido de anulação que fez em relação ao jogo contra o Internacional, quando foi derrotado por 2 a 0 — no primeiro gol colorado, em lance duvidoso, o VAR não funcionou.

Na semana passada, o STJD intimou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a fornecer as imagens e os áudios da arbitragem da partida em regime de urgência. Presidente do órgão, Otávio Noronha determinou ainda a abertura de vista para Vasco, Internacional, CBF e Procuradoria da Justiça Desportiva. O mandatário do órgão aguardará pelo recebimento do material solicitado e das manifestações para, enfim, se decidir sobre o pedido do clube carioca, que alega que o ocorrido foi um “erro de direito”.

Para os especialistas, no entanto, as chances de impugnação do duelo são pequenas, e ciente disso, a diretoria vascaína se reuniu ontem (22) para traçar o planejamento considerando a disputa da Série B e a brusca queda de receita nas cotas de TV de aproximadamente R$ 50 milhões.

Em silêncio desde que o Vasco empatou em 0 a 0 com o Corinthians e praticamente sacramentou o rebaixamento, o presidente do clube, Jorge Salgado, deverá conceder entrevista coletiva somente na próxima sexta-feira (26) para detalhar os planos para a próxima temporada.

Para se livrar da queda milagrosamente, o Vasco terá que vencer o Goiás na última rodada, torcer para o Fortaleza perder para o Fluminense e tirar uma diferença de 12 gols para o clube cearense.

“Não posso enganar o torcedor e falar que vamos fazer 12 gols. E ganhar de 12 gols só se a gente jogasse contra equipe da várzea. E não vamos jogar contra equipe da várzea. Temos que ser realistas com o torcedor. Mas posso falar que o jogo do Vasco contra o Inter está sub judice porque teve uma atuação do árbitro muito grave. Tanto é que o STJD deu parecer favorável a mostrar tudo desde antes do jogo. Esse jogo sub judice é importante. É importante para a moralização deste Campeonato Brasileiro”, comentou o técnico Vanderlei Luxemburgo, após o empate com o Corinthians.

Com a iminente confirmação do rebaixamento, o Cruz-Maltino disputará pela quarta vez a Série B de sua história. As outras foram em 2009, 2014 e 2016.

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠