Campeonato Carioca pode ser disputado apenas em cidades do interior

O anúncio da prefeitura do Rio de Janeiro de veto a jogos de futebol no município levou clubes e Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) a cogitarem um plano alternativo: fazer partidas fora da capital. O governo do Estado do Rio sinalizou à CBF, que está envolvida nas negociações para evitar que o futebol seja paralisado, que não há restrição a partidas no Estado, cabendo a prefeitos decidir sobre jogos. Ou seja, pode haver transferência para lugares como Volta Redonda —que deve receber hoje jogo do Campeonato Paulista.

A decisão do prefeito da capital, Eduardo Paes, de vetar o futebol é válida a partir de sexta-feira. Ou seja, está mantida a rodada do meio de semana com Flamengo x Botafogo no Maracanã. A proibição se estende até 4 de abril.

Na semana passada, dirigentes de clubes já percebiam um movimento da prefeitura do Rio que poderia levar ao veto ao futebol. Mas a medida não era apoiada pelo governador do Rio, Cláudio Castro, e o prefeito Eduardo Paes esteva em dúvida, segundo cartolas. Por isso, haveria uma disputa em relação à medida. Mas Paes anunciou a proibição.

Agora, dirigentes e Ferj entendem haver a possibilidade de jogos no interior. Até porque a prefeitura de Volta Redonda permitiu até partidas do Paulista transferidas por conta da proibição do governo de São Paulo. A Ferj, no entanto, ainda não tem uma posição oficial.

Questionado sobre o assunto, o governo do Rio ainda não informou oficialmente se vai permitir ou vetar o futebol, de times do Estado e de outras regiões.

Fonte: Blog do Rodrigo Mattos – UOL Esportes

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠