Entenda o crédito que o São Paulo deu ao Vasco na negociação por Benítez

São Paulo e Vasco acertaram uma compensação financeira pela negociação de Benítez. Os cariocas terão direito a um crédito de R$ 300 mil para usar em uma negociação futura com algum jogador do Tricolor. Esse valor poderá ser usado até dezembro de 2022.

Em uma situação hipotética, funcionaria da seguinte maneira:

– Se o Vasco acertar a contratação de um jogador do São Paulo por empréstimo no qual haja o pagamento de uma compensação financeira, o clube de São Januário poderia usar o crédito como contrapartida;

– Em outro cenário, se os clubes acertarem um empréstimo sem compensação financeira de um jogador do São Paulo, o Vasco poderia usar esse crédito para que o Tricolor pague os salários mensalmente até descontar o valor de R$ 300 mil;

– Seja qual for esse acerto dependerá de uma negociação com aprovação dos clubes.

Caso não haja uma negociação em que o Vasco use esse crédito até o fim de 2022, o São Paulo terá de pagar os R$ 300 mil ao clube de São Januário a partir de 2023 em parcelas.

No seu site oficial, o clube de São Januário informou a saída de Benítez na última terça-feira e publicou o seguinte sobre o acerto com o São Paulo: “O Vasco terá também um valor de crédito para usar numa futura negociação com algum jogador do São Paulo. Caso nenhum atleta seja envolvido, o Tricolor Paulista terá que devolver esse crédito em dinheiro”.

Benítez tem treinado no CT da Barra Funda nos últimos dias, enquanto aguarda o anúncio oficial da contratação do São Paulo.

Ao Independiente, o Tricolor acertou o pagamento de 300 mil dólares (cerca de R$ 1,6 milhão na cotação atual) divididos em parcelas pelo empréstimo até dezembro.

Fonte: GloboEsporte

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠