Miranda sente incômodo na coxa direita e será reavaliado; Ernando inicia transição

Um dos melhores do Vasco no empate por 2 a 2 com o Madureira, o zagueiro Miranda sentiu um incômodo no músculo posterior da coxa direita e pediu para sair após a parada técnica do segundo tempo com o objetivo de não sofrer uma lesão. Segundo o técnico Marcelo Cabo, o defensor já havia indicado as dores ainda no primeiro tempo.

– Miranda já tinha avisado com 15 ou 10 minutos do primeiro tempo. Miranda teve uma fisgada na coxa, mas não consigo precisar o que teve ainda pois ainda não conversei com os médicos. Perdemos três de uma leva só. E dois jogadores do meio (Bruno Gomes com náuseas e Marquinhos Gabriel com a perna pesada). Foi a hora que a gente desequilibrou e descontrolou um pouquinho. Aí teve o primeiro gol de falta e logo três minutos depois teve o gol de empate.

Miranda, que vinha se destacando no jogo aéreo e com bons passes longos, passará por exames neste domingo para saber se está liberado para o clássico contra o Fluminense, terça-feira, às 21h35 (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Titular da posição, Ernando, que também apresentou problema na musculatura posterior da coxa direita (edema que o fez ser substituído no empate por 1 a 1 com o Botafogo, no último dia 22), iniciou a transição para o campo no treino da última sexta-feira, mas nem ficou no banco contra o Madureira.

Depois de cinco dias parado, os dois treinamentos anteriores ao clássico com o Flu serão decisivos para definir se Ernando será aproveitado ou não por Marcelo Cabo no duelo. Poupado contra o Madureira, Leandro Castan tem condições de encarar o Tricolor.

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠