Após grande repercussão, Alerj recua e pedirá que governador vete mudança de nome do Maracanã

Depois de uma grande repercussão negativa, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) recuou da decisão de mudar o nome do Estádio do Maracanã para Rei Pelé. O projeto, aprovado em caráter de urgência no mês passado, foi novamente pauta na casa na manhã desta terça-feira (06). A decisão agora é pedir ao governador que ele vete tal projeto.

A decisão de recuar foi confirmada na manhã nesta terça-feira, na reunião do Colégio de Líderes da Alerj. De acordo com a assessoria, os deputados reconheceram que o momento é de “continuar centrando o trabalho no combate à pandemia”.

O Projeto de Lei foi aprovado pelos deputados da Alerj no dia 9 do mês passado, mas ainda precisava ser sancionado pelo governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro. O prazo para a manifestação do governador termina nesta quinta, dia 8.

A ideia era trocar o nome de Jornalista Mário Filho para Rei Pelé, homenageando o maior jogador de todos os tempos.

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠