Em negociação com o Atlético-MG, Vasco teria aceitado receber menos 80 mil euros pela venda de Marrony

Vasco abriu mão de porcentagem por Marrony para receber valores por completo ainda em 2021

Valores também sofreram descontos referentes à impostos (2%) e comissão (10%) que diminuíram montante que chegará aos cofres do clube

A venda do atacante Marrony ao Midtjylland, da Dinamarca, pelo valor de 4.5 milhões de Euros, continua causando dúvidas ao torcedor do Vasco da Gama. Em contrato, o Cruzmaltino tem um porcentual dessa transferência.

Mas afinal, quanto o Vasco levará nessa venda? O Papo na Colina, em primeira mão, traz todos os detalhes dessa transferência.

Destrinchando bem o assunto, por contrato, é normal no futebol que se desconte da venda o valor de comissão (10%) e imposto (cerca de 2%). Por isso, o valor líquido da venda é de 3.960 milhões.

Por conta disso, o Vasco teria 14% do valor, cerca de 554 Mil Euros, em 2 parcelas assim como o recebimento pelo Atlético-MG: 365.000 Euros agora e 189.000 Euros daqui um ano.

O Galo entrou em contato com o Vasco para ajustar os números, caso contrário, o clube mineiro não recuperaria nem o valor pago na época. Negociações deste tipo são normais no futebol. Foi assim quando o Cruzmaltino vendeu o Marrony ao Atlético-MG, negociando com o Volta Redonda. Assim também foi com Olímpia na compra de Matias Galarza, que reduziu em 50% o preço da opção de compra.

O Vasco vai receber cerca de 475 mil euros neste negócio, ou seja, a negociação foi de renunciar a cerca de 80.000,00 Euros. Com a diferença de que tudo será pago neste momento da parte do Vasco, não ficando pendente para o ano que vem.

O Galo ficará com 10% da mais valia da futura venda, e o Vasco teria 1,4% e agora terá 1,2%. Ou seja, em uma hipótese do atleta ser vendido por 14,5 de euros, o CAM teria 10% sobre 10 milhões, (mais valia), cerca de 1 milhão de euros. O Vasco teria 140 mil euros e de acordo com a nova negociação terá 120 mil euros.

SITUAÇÃO DO VOLTA REDONDA

A gestão Alexandre Campello combinou de repassar 4,6 milhões para o Volta Redonda quando foi vendido para o Atlético-MG, mas não repassou. Segundo apuração do Papo na Colina, a atual administração já pagou 1 milhão e está negociando com o Volta Redonda o recebimento da parte deles e também um desconto.

Fonte: Papo Na Colina

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠