Vôlei Sentado: Com vascaínos, Brasil perde para o Irã nas Paralimpíadas por 3 a 0

A seleção masculina de vôlei sentado não conseguiu repetir o resultado da estreia diante da China e foi superada nesta segunda-feira pelo Irã em jogo válido pela segunda rodada do Grupo B das Paralimpíadas de Tóquio. Os brasileiros, que são donos de três pódios mundiais e buscam a medalha inédita nos Jogos, foram neutralizados pela pela potência do ataque iraniano. Derrota por 3 sets a 0, parciais 25/19, 25/23 e 25/22, em 1h15min de jogo. Com o resultado, o Irã segue invicto no torneio – ainda não perdeu sets na competição.

O regulamento dos Jogos traz oito seleções divididas em dois grupos de quatro times. Na chave do Brasil, além de Irã e China, tem também Alemanha, próxima adversária dos brasileiros e que ainda não venceu na competição. O confronto está marcado para esta terça-feira, 2h (horário de Brasília), e será válido pela última rodada da primeira fase.

Neste momento, a seleção tem, assim como a China, uma vitória e uma derrota na competição. A vitória contra os alemães, portanto, será necessária para a classificação às semifinais, já que só os dois primeiros de cada chave avançam. No outro grupo estão Bósnia, Egito, Japão e Comitê Paralímpico Russo.

O jogo

A seleção do Irã, que vinha de vitória por 3 a 0 na estreia diante do alemães, iniciou no mesmo ritmo avassalador a partida contra o Brasil. Diferencial da equipe iraniana no primeiro set foi o gigante Morteza Mehrzadselak, maior pontuador da parcial com 6 de 12 pontos e 50% de aproveitamento. Resultado da superioridade na virada de bolas do Irã foi o placar – 25 a 19.

No início do segundo set, o Brasil conseguiu trabalhar melhor a defesa, neutralizando Morteza em muitos momentos e provocando o Irã a acionar outras opções no ataque. Ainda assim, a seleção precisou correr contra o placar quando o Irã abriu 6 pontos de vantagem. Os brasileiros chegaram a enconstar em 15 a 15, no que parecia ser a reação da equipe. Mas apesar do jogo equilibrado, a seleção voltou a demonstrar fragilidade na virada de bola durante a reta final do set, perdendo por 25 a 23 a parcial.

Confortáveis com os 2 sets a 0 no placar, os iranianos jogaram ainda mais soltos no terceiro set, abrindo novamente vantagem expressiva durante a parcial. O Brasil chegou a descontar na reta final, salvando dois match points. O que, no entanto, não foi suficiente para evitar a derrota por 25 a 22.

 

Fonte: ge

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠