Caíque relembra final da Mercosul 2000: ‘Foi aqui que eu comecei a ser conhecido como o torcedor da FÉ’

caiquefeoficial
Esse troféu tem muita significância para mim, foi aqui que eu comecei a ser conhecido como o “torcedor da FÉ”, aquele torcedor que vocês todos conhecem.
Pra quem não conhece esse é o troféu da Mercosul de 2000.
Aquele dia foi muito especial para mim, pois quem imaginaria que iríamos reverter um placar elástico?
Final do primeiro tempo 3×0 os caras, torcida deles gritando “É CAMPEÃO”. Eu olhei para aquilo e pensei: pera aí, aqui é VASCO, eu vou até o final, nem que seja por um milagre, vamos virar esse jogo. E estava eu lá vendo alguns torcedores indo embora (não foram todos) e eu chamando pra ficar, dizendo que iríamos virar o jogo e ser campeão. Alguns riram e foram, outros voltaram. Aí começa o segundo tempo, quando olhei para o céu, peguei meu galho de arruda junto a um copo que estava comigo cheio d’água e comecei a fazer o sinal da cruz dizendo: Eu tenho FÉ, eu tenho FÉ, eu tenho FÉ que vamos virar. Quando eu menos esperava 4×3 VASCO, aí já viu né? Comecei a chorar, agradecer, comemorar mais um título do Vascão.
Assim foi mais ou menos minha história resumida da “Virada Histórica” e tenho certeza que viraremos mais uma vez esse jogo esse ano e ano que vem estaremos na série A.
VAMOS VASCO! 💢

Fonte: Instagram Caíque

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠